Em continuidade às visitas a escolas da rede estadual, o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, esteve, nesta quarta-feira (27), no Centro Educacional Edgar Santos, no Garcia, e no Colégio Estadual Professora Angelita Moreno, no Imbuí, ambos em Salvador. A iniciativa visa percorrer as unidades escolares para avaliar intervenções para melhorar a infraestrutura e debater com gestores novos métodos de ensino aprendizagem.
Segundo Pinheiro, o trabalho de reforma das escolas tem que vir alinhado a uma nova metodologia pedagógica. “É importante realizarmos melhorias na estrutura física das escolas, que incluem quadra, refeitórios e acessibilidades, mas também temos que estabelecer novas ofertas ao ensino médio, como a inclusão de cursos de dança, música, teatro e esportes, entre outros, além de pensarmos em especializações de curto período que possam beneficiar o estudante que encerra sua trajetória escolar ou a moradores e comerciantes da localidade que possam aprimorar o seu serviço”, destacou. 
A diretora Lucinete Nascimento, do Edgar Santos, ressaltou a importância da presença do secretário na unidade. “Eu tinha pedido para que Pinheiro viesse à escola e ele hoje me deu esse prazer de estar aqui. Ele é uma pessoa que confio e sei que esforços estão sendo feitos para melhorar. Por isso, estando na escola, vendo nossas necessidades, acredito que ele será sensível para realizar melhorias” relatou. Atualmente a unidade possui 1358 estudantes do ensino médio e fundamental, além dos cursos técnicos de nível médio em Enfermagem e Administração.
Também entusiasmada, a diretora Eliana dos Anjos, do Angelita Moreno, unidade que atende 1090 alunos do fundamental e EJA ensino médio, comentou sobre as expectativas com a visita. “Foi muito bom o secretário estar na escola já com propostas de melhoria e ampliação, com o objetivo de atender à grande demanda da comunidade. Por isso estamos torcendo para que em 2018 estejamos com uma oferta maior para todos da região”, contou. 
Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado