Os estudantes do curso técnico de nível médio em Nutrição e Dietética, do Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) do Recôncavo II, em Cruz das Almas, criaram um projeto para adaptar o cardápio da unidade escolar aos novos hábitos e paladar dos estudantes, contribuindo para uma alimentação mais prazerosa e sem perder o foco na saúde. Para isso, realizaram uma pesquisa e sugeriram 15 receitas sustentáveis, que aproveitam produtos que seriam jogados fora, como as cascas da banana e do maracujá. 
A professora Tânia Silveira, orientadora do projeto, explica que a atividade incluiu um levantamento sobre o estado de saúde dos estudantes, o que levou à identificação de problemas como hipertensão arterial, diabetes e intolerância a lactose e ao glúten. “Uma das etapas do projeto envolveu o levantamento fotográfico do que os estudantes deixavam no prato e que poderíamos reutilizar pensando na saúde deles. Foi o caso da casca de banana e do maracujá, que foram aproveitadas para novas receitas",.  
Até uma cartilha foi elaborada para contribuir com um cardápio mais diversificado. “Inicialmente distribuímos uma cartilha para os estudantes com as receitas, mas o objetivo é colocarmos em um portal para que todos tenham acesso. Outra novidade é a implementação das receitas mais aceitas, como a geleia de casca de maracujá, o bolo da casca da banana e o bolo de banana sem açúcar no cardápio do Cetep no próximo ano”, relata Juliana Nascimento, estudante do 3º ano. 
Rian Jesus, também do 3º ano em Nutrição e Dietética, comenta como foi a escolhida das novas receitas. “Fizemos uma avaliação sensorial com alguns produtos, testando sabores e texturas com alguns estudantes. A partir daí, pudemos bolar e pesquisar receitas que tivessem uma maior aceitação dos alunos. Foi bem gratificante perceber que tivemos uma ótima aceitação, também comprovada no 5º Encontro Estudantil da Rede Estadual". A estudante Beatriz Borba completa a equipe.
Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado