O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado da Bahia, Durval Libânio Netto, está na cidade de Barcelona, na Espanha, para conhecer experiências exitosas de Escolas Transformadoras no país. Durante a programação da viagem, realizada em parceria com o Instituto Aliança e que segue até o dia 22, os gestores estão conhecendo a Escola Sadako e irão participar de um curso de Inteligências Múltiplas, ministrado no Colégio Montserrat. 
Libânio explica como as metodologias aplicadas contribuem para a formação dos estudantes. "Conhecer a experiência de Sadako é importante para verificarmos como funciona uma escola inovadora, com base na aprendizagem por projetos e no autodesenvolvimento do conhecimento pelo aluno com uso de tecnologias, em um ambiente extremamente colaborativo", destaca. 
 
Esta é mais uma ação que integra o Programa Escolas Transformadoras, em fase de implementação na rede estadual de Educação Profissional e Tecnológica (EPT), resultado de parceria da Secretaria da Educação do Estado com a Ashoka. Trata-se de uma instituição internacional, com sede em mais de 90 países, que no Brasil é correalizado com a organização não governamental Alana e que, pela primeira vez, faz parceria com uma Rede Estadual de Educação Profissional no país. 
A iniciativa beneficiará 260 técnicos, coordenadores pedagógicos e gestores escolares da Educação Profissional e Tecnológica do Estado que já estão participando de cursos específicos. A ação vai possibilitar mudanças curriculares alinhadas à realidade territorial de cada unidade escolar.

Práticas inovadoras 
 
Na Espanha, em visita ao Colégio Montserrat, considerado uma escola inovadora, os gestores estão conhecendo as metodologias interativas e práticas de vanguarda, desde a educação infantil até o Ensino Médio. Já na Escola Sadako, é possível verificar o modelo aplicado pelo Programa Escolas Transformadoras, uma comunidade global que tem como objetivo identificar, conectar e apoiar escolas com práticas inovadoras e fortalecer a visão de que todos podem ser transformadores da realidade.
  
Também participam da viagem o diretor pedagógico da Suprot, Wendell Penha, a coordenadora pedagógica da Suprot, Josevonne Serafim, e o vice-diretor pedagógico do Centro Estadual de Educação Profissional em Saúde e Tecnologia da Informação Carlos Correa de Menezes Santana, Joel Santos.
Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado