Discutir os rumos e desafios das políticas sobre drogas na Bahia. Este é o objetivo principal da Semana Estadual de Políticas sobre Drogas, que começa nesta quarta-feira (20), no auditório da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no Vale do Canela. O evento, aberto ao público, é promovido pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), em parceria com o Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas (Cepad) – órgão vinculado à própria Secretaria.

Até sexta-feira (22), representantes da sociedade civil e do poder público vão debater estratégias e mobilizações sobre a questão das drogas no Estado com foco na prevenção, tratamento e inclusão social de usuários de substâncias psicoativas. A programação inclui palestras, mesas redondas, oficinas e atividades culturais.

O evento também busca conscientizar instituições e a população sobre os problemas e desdobramentos relacionados à oferta, demanda, uso e abuso de drogas lícitas e ilícitas. “É uma oportunidade de pensar conjuntamente, Governo e sociedade, estratégias de combate ao uso de drogas através da educação e conscientização, além de ações de suporte e acolhimento aos usuários, visando sua reinserção na sociedade. A proposta da Semana, portanto, não diz respeito apenas à questão das drogas, mas, principalmente, à valorização da vida”, afirmou o secretário da SJDHDS, Carlos Martins, que participa da mesa de abertura, na quarta-feira, às 9h.

Durante o evento, será lançado o Curso EAD (Ensino a Distância) de Redução de Danos, desenvolvido pelo Programa Corra pro Abraço, da SJDHDS, juntamente com a Cipó Comunicação Interativa e a Aliança Redução de Danos Fátima Cavalcanti (ARDFC/Ufba). Direcionado, especialmente, aos profissionais da área de saúde, assistência social, Direitos Humanos e educação, o curso tem duração de 55 horas e é inteiramente gratuito. As inscrições serão abertas no dia 21 de setembro.

A Semana Estadual de Políticas sobre Drogas foi instituída em 2005 e conta com a participação de representantes da Secretaria da Saúde (Sesab), Educação (Sec), Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Segurança Pública (SSP), Polícia Federal e Procuradoria Geral (PGE). O evento também irá reunir integrantes da Ordem dos Advogados da Bahia (OAB-BA), Universidade Federal do Recôncavo (UFRB), Centro de Estudos e Terapia do Abuso de Drogas (Cetad-UFBA), Associação Brasileira de Estudos Sociais do Uso de Psicoativos (Abesup) e as comunidades terapêuticas Casa de Passagem Belém e Instituto Bambu.

Fonte: Ascom/SJDHDS