A estação mais cheirosa e colorida do ano, a primavera, chegou nesta sexta-feira (22). Em Maracás, município de maior produção de flores de todo o estado, a Associação Maracaense de Agentes Floricultores (Amaflor) já está colhendo as boas novas.
Para recuperar a cobertura das estufas de produção de flores do Programa Flores da Bahia, na sede da cidade, o Governo do Estado investiu cerca de R$ 55 mil em obras e serviços, por meio de um convênio executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). 
O projeto tem a finalidade de fortalecer e incentivar a cooperação, promover a integração social, aumentar a produtividade e melhorar a qualidade de vida das 30 famílias de agricultores familiares que compõem a entidade. Atualmente, a ação garante o sustento dos produtores associados a partir do cultivo de 20 espécies florais, entre rosas, gérberas, áster, crisântemos, margaridas e girassol. 
O presidente da associação, Alex de Souza Silveira, comemora a chegada dos investimentos. "Com esse projeto do Governo do Estado, já temos 15 mil metros de estufa coberta, o que vai ajudar no aumento da nossa produção. Nosso clima é muito frio e, no inverno, as flores, principalmente algumas espécies, precisam estar protegidas. A cobertura protege do frio e também dos insetos. A parceria foi importante para todos os associados que vão ver a diferença no bolso”, afirma. 
Na Bahia, a produção de flores está baseada na predominância de pequenos e médios produtores, por meio de associações. Ao longo dos últimos anos, a floricultura tornou-se um dos mais promissores segmentos do desenvolvimento econômico do município. O programa Flores da Bahia é uma iniciativa Governo do Estado.
Fonte: Ascom/SDR