Aproximadamente três mil mulheres, na faixa etária de 50 a 69 anos, estão aptas, em Ilhéus, na região sul, a realizar mamografia, exame que detecta precocemente casos de câncer de mama. Para que isso,chega à cidade, nesta quinta-feira (17), o Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama, programa que o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesab), vem viabilizando em todas as regiões da Bahia e, até junho deste ano, realizou mais de 30 mil exames, durante visita a 39 municípios.

O atendimento será feito em unidade móvel estacionada no Centro de Convenções, localizado na Avenida Soares Lopes, centro da cidade, até o dia 2 de setembro, das 7 às 18h. Para ser atendida, a mulher deve levar o Cartão do SUS, um documento de identidade e um comprovante de endereço.

A diretora de Programas Estratégicos da Sesab, Jucélia Nascimento, fala da importância das mulheres realizarem esse exame. “Sabemos que o câncer de mama seja detectado precocemente é preciso que a mulher realize a mamografia e, com isso, se positivo, ela poderá ter todo o tratamento necessário para a sua recuperação”.

O Saúde sem Fronteiras tem como diferencial o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando à integralidade do atendimento. Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia.

Fonte: Ascom/Secretaria da Saúde do Estado (Sesab)