Nesta semana, os Hemóveis – unidades móveis da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) – , realizam atendimentos aos candidatos interessados em fazer doação de sangue e/ou cadastro de medula óssea na capital e no interior do estado. 
Em Salvador, o serviço fica disponível no Campus Tancredo Neves (CTN) da Universidade Salvador (Unifacs), de terça (29) a sexta-feira (1º), das 8h às 17h. Outra unidade segue para o município de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, onde presta atendimento na Praça Sérgio Alvim Mota, de terça (29) a quinta (31), das 7h30 às 15h, e também na sexta-feira (1º), das 7h30 às 10h.
A expectativa da Hemoba é reforçar o estoque estratégico para atender com segurança todos os pedidos de unidades de saúde e hospitais com serviço de urgência e emergência e que possuem agências transfusionais, além de se aproximar dos candidatos à doação que residem no interior do estado e sensibilizar a população sobre a importância das doações regulares.
Nos dias de atendimento, os Hemóveis precisam interromper as atividades por uma hora para alimentação da equipe – o horário da pausa pode variar de acordo com o fluxo de doadores. O cadastro de doadores será encerrado assim que completar a capacidade máxima de atendimento diário.
Requisitos 
Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos, estar bem alimentado (tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura) e descansado (tendo dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas).
O doador ainda precisa ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal) e apresentar documento original com foto (RG, carteira de trabalho, carteira de motorista ou de reservista) em bom estado de conservação.
Fonte: Ascom/Hemoba