Judô, handebol, vôlei e basquete são algumas das modalidades disputadas pelos estudantes da rede estadual de ensino dos municípios de Itabuna, Itajuípe, Almadina, Buerarema e Barro, no sul do estado na segunda etapa (Polo de Itabuna) dos Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp). A competição acontece na Vila Olímpica, na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e no Estádio Municipal de Itabuna, e é uma iniciativa da Secretaria da Educação do Estado com o objetivo de fortalecer a cultura corporal e as práticas esportivas no currículo da Educação Básica, tendo como princípios diversidade, ética, integração, socialização, inclusão, participação, cooperação, regionalismo e emancipação.

Jerp
Foto: Ascom/Educação

De acordo com o articular do Jerp, Cristóvão Crispim, as seletivas são muito importantes para o desenvolvimento dos estudantes dentro e fora da sala de aula. “São jogos de caráter educativo que priorizam valores morais e éticos, nos quais a participação dos alunos é valorizada através de diferentes práticas esportivas”. O estudante David Emanuel Brito, 17, que cursa o 3° ano no Colégio Estadual Lomanto Júnior, em Barro Preto, afirma que está animado para jogar e passar para a próxima etapa, no Polo de Ilhéus, entre os dias 21 e 25 deste mês.

“Sou atleta de judô e acho muito incentivador este tipo de campeonato estudantil, porque atrai jovens de todas as regiões para competir. Além disso, contribui muito para a nossa formação, pois melhora nossa autoestima e o comportamento”.Mariana Paz, 17, 3° ano, do Colégio Estadual Inácio Tosta Filho, de Itabuna, está competindo em partidas de handebol. “Pratico este esporte desde quando entrei no colégio. O Jerp é muito importante porque nos faz amadurecer muito enquanto cidadãos. Eu gosto muito de praticar handebol e, através da escola, temos essa oportunidade”.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado