A Secretaria da Educação do Estado mantém abertas, até o dia 4 de setembro, as inscrições destinadas ao 3º Concurso de Vídeo Educativo – Educação para a Saúde, que devem ser feitas diretamente nas unidades escolares da rede estadual. Podem participar estudantes regularmente matriculados no Ensino Fundamental ou Médio e da Educação Profissional. O objetivo da iniciativa é promover a reflexão sobre a temática entre os estudantes e professores e estimular ações de promoção à saúde e prevenção de doenças e agravos, direcionadas ao enfrentamento das vulnerabilidades dos estudantes, além de incentivar hábitos e atitudes saudáveis.

Os vídeos em curta-metragem, com até cinco minutos de duração, devem ser elaborados a partir dos seguintes temas – Prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST); Controle do Aedes aegypti e prevenção às arboviroses (Dengue, Chikungunya, Zika, entre outros); Prevenção ao uso de álcool, tabaco e outras drogas; Promoção à alimentação saudável; Promoção da Saúde Ambiental e o desenvolvimento sustentável; Promoção a cultura de paz; Livre, em que os estudantes, sob a orientação do professor, definem o subtema a ser trabalhado a partir do tema central (Educação para a Saúde) e não contemplado nos subtemas anteriores.

Os vídeos devem ser produzidos nas unidades escolares ou em seu entorno, utilizando aparelhos celulares, tablets, máquinas fotográficas digitais ou filmadoras e gravados em CD ou DVD. A ação pedagógica é para ser realizada em dupla de alunos e orientada por um educador. Cada estudante autor e o professor orientador dos sete vídeos a serem selecionados receberão, cada um, um notebook, totalizando três aparelhos por trabalho. O resultado deverá ser divulgado no mês de novembro e a premiação está prevista para dezembro.

O coordenador de Educação Ambiental e Saúde da secretaria, Fábio Barbosa, enfatiza que “a escola tem um papel fundamental na formação integral dos nossos estudantes. E trabalhar a temática da Saúde é o principal objetivo desta ação, que incentiva o protagonismo juvenil através de uma ferramenta que eles têm familiaridade, que é o audiovisual. A nossa expectativa é a de que as escolas pertencentes a todos os Núcleos Territoriais de Educação (NTE) participem”. Todas as informações sobre o concurso estão disponíveis em um link no Portal da Educação.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado