O Museu de Arte da Bahia, espaço administrado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (Secul), no Corredor da Vitória, em Salvador, promove, em parceria com a Fundação Lauro Campos e Editora Boitempo, o lançamento do livro ‘Cinco Mil Dias: O Brasil na Era do Lulismo’, organizado por Gilberto Maringoni e Juliano Medeiros com a participação de 52 autores. Será nesta sexta-feira (18), às 17h30, aberto ao público.

O lançamento será precedido por amplo debate sobre o tema, presidido por uma mesa coordenada por Patrícia Valim, com a participação de José Sérgio Gabrielli, Maíra Kubrik, Fábio Nogueira , Gilberto Maringoni e pelo diretor do MAB, o artista visual e sociólogo Pedro Arcanjo. Para abrir o evento o  espaço apresenta o violonista Igor Rosário, graduado pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), da classe de Mário Uloa, interpretando Pixiguinha e Sérgio Assad.

Entre os autores que assinam o livro estão André Singer, Armando Boito Jr., Aldo Fornazieri, Chico Alencar, Cid Benjamin, Edmilson Brito Rodrigues, Eduardo Fagnani, Eloísa Machado de Almeida, Erminia Maricato, Guilherme Boulos, Ivan Valente, Jean Wyllys, José Luiz Del Roio, Leda Maria Paulani, Ligia Bahia, Lúcio Gregori, Luis Felipe Miguel, Luiz Eduardo Soares, Nilcéa Freire, Pedro Paulo Zahluth Bastos, Reginaldo Nasser e Vladimir Safatle.

Fonte: Ascom/Museu de Arte da Bahia (MAB)