O Espaço Xisto Bahia e o Centro Cultural de Plataforma – espaços culturais administrados pela Secretaria de Cultura do Estado (SecultB), em Salvador – vão receber o Festival Latino-Americano de Teatro da Bahia (FilteBahia 2017), que celebra seus dez anos de existência e acontece até o dia 6 de setembro, na capital e no município de Ilhéus (sul), sob a organização do Coletivo Oco Teatro Laboratório e apoio do Fundo de Cultura da Bahia, via Edital de Eventos Calendarizados.

Festival de Teatro
Foto: Adenilson Ceo

O festival promove a apresentação de espetáculos de artes cênicas da Argentina, Chile, Uruguai, Colômbia, Bolívia e do Brasil (Bahia, Ceará e São Paulo), além de performances, laboratórios-oficina e residências. Desta sexta-feira a domingo (1º a 3), o Núcleo de Laboratórios Teatrais do Nordeste (Norteia) promove uma residência artística no Xisto. No sábado (2), às 20h, o Centro Cultural de Plataforma recebe o espetáculo ‘Pariré’, da Cia OperaKata, e no domingo (3), no mesmo horário, a montagem ‘O Candelabro’. A programação completa e mais informações estão disponíveis no site da Secult.

Fundo de Cultura

Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é administrad pelas secretarias estaduais de Cultura (Secult) e da Fazenda (Sefaz). O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em quatro linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação –‘ Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos’; ‘Eventos Culturais Calendarizados’; ‘Mobilidade Artística e Cultural’ e ‘Editais Setoriais’. No site da Secult podem ser acessados mais detalhes.

Fonte: Ascom/Secretarai de Cultura do Estado (Secult)