Homens, mulheres, adultos, casais, crianças, famílias inteiras. Neste sábado (5), muita gente substituiu o conforto do lar e o ar-condicionado de estabelecimentos comerciais por uma programação gratuita de shows ao ar livre. No Parque Costa Azul, o público diversificado pôde se divertir ao som da banda IFÁ Afrobeat, que comemora, este ano, o quarto aniversário. O grupo musical, que integra um movimento independente que tem valorizado o cenário musical baiano, foi a atração principal do último evento da temporada 2017 do projeto Música no Parque. A abertura ficou por conta do DJ El Cabong e a intervenção artística com Ana Dumas e seu carrinho multimídia.

O Música no Parque é patrocinado pelo Governo do Estado, através do FazCultura – um mecanismo que faz parte do Sistema Estadual de Fomento à Cultura. O projeto, que tem mais de 16 anos, já realizou mais de 170 shows e tem como proposta levar boa música para o espaço público e formar novas plateias. “Esse é um conceito moderno de cultura e entretenimento. Esse é um evento gratuito com música de qualidade que possibilita o convívio de pessoas das mais diversas faixas etárias, preenchendo esse espaço belíssimo e dinamizado”, afirmou o superintendente de Promoção Cultural da Secretaria de Cultura do Estado (Secult-BA), Alexandre Simões.

De acordo com o músico Átila Santana, guitarrista da IFÁ Afrobeat, o incentivo do Governo é necessário para o desenvolvimento de grupos artísticos que não seguem o padrão comercial. “Embora ainda não seja tão conhecido do grande público, o afrobeat é um estilo musical que faz parte da nossa história. Os blocos afros já tocavam os mesmos ritmos que o afrobeat toca. A gente já nasce ouvindo afrobeat sem saber. Por isso, é tão importante a gente valorizar. O incentivo às produções locais é fundamental para o desenvolvimento de produções que fogem do padrão comercial”, afirma.

Além da música, o projeto Música no Parque também abriu espaço para a gastronomia, com foodtrucks estacionados no Parque Costa Azul. Com a segurança garantida pela Polícia Militar, o público pôde também aproveitar o clima familiar. A tranquilidade instalada fez do parque o lugar ideal para passeio de casal e reunião de amigos. “Está tudo muito legal. Tudo organizado e seguro. Estou com meus amigos aqui curtindo muito”, concluiu o universitário, Jonatas Costa.

Esta edição do Música no Parque foi apresentada, dentre outros patrocinadores, pelo Governo do Estado, por meio do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. O projeto também contou com o apoio da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (SDR).

Repórter: Leonardo Martins