A autorização para estudos de implantação de barragens nos municípios de Rio do Pires e Tapiramutá foi assinada pelo secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, o presidente da Cerb, Marcos Bulhões e os prefeitos Gilvânio Antônio dos Santos (Rio do Pires) e Djalma Santos Junior (Tapiramutá) nesta segunda-feira (14). Os investimentos nos estudos serão da ordem de R$ 550 mil. 
“Trata-se de mais duas grandes ações do Governo do Estado para o enfrentamento do processo de convivência com a seca”, afirmou o secretário, frisando que as barragens terão como finalidade o abastecimento humano nas sedes de Rio do Pires e Tapiramutá, onde existe déficit de vazão no abastecimento, que provoca racionamento ao longo de vários meses durante o ano.  
O gestor de Rio do Pires comentou que "a intervenção vai beneficiar milhares de pessoas da nossa cidade, que há muito sofrem com a seca”. Já o prefeito Djalma Santos Jr. agradeceu "ao Governo do Estado e deputados baianos pelo empenho e pelo avanço que a barragem trará para todos”. 

Fonte: Ascom/ Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs)