“Em 2015, arrematei uma moto Honda 2013 por R$ 1,5 mil e consegui ter um lucro dobrado. Este ano, levei dois lotes e vou pagar apenas R$ 3,5 mil. Com essa crise, precisamos pensar na melhor forma de investir as nossas economias”. A declaração do aposentado Lúcio Borges, 68 anos, durante o leilão do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), deu o tom do evento em dois dias de negociações. 
 
Na quinta (27) e nesta sexta-feira (28), 637 veículos e sucatas – apreendidos em Salvador e Feira de Santana, no centro norte do estado – foram arrematados. Com lances nas formas presencial e online, o leilão arrecadou R$ 789 mil. O menor lance foi para uma moto Yinxiang Iros Action 2010, arrematada por R$ 550; e o maior valor ficou para um Gol Special 2015, que custou R$ 23 mil. Os veículos são entregues livres de débitos anteriores e gravame. 
"Nosso leilão se consolidou como uma boa oportunidade de negócio para o cidadão e é a ferramenta que temos para desafogar os pátios. Com o dinheiro arrecadado, podemos investir mais em segurança viária", ressaltou a coordenadora da Comissão de Leilão do Detran, Cristiane Costa.
 
Fonte: Ascom/Detran-BA