O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) da Polícia Militar formou 872 jovens de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), em evento organizado pelas 52ª e 81ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPMs), com a parceria da Secretaria de Educação da prefeitura do município. Durante a cerimônia, na quadra poliesportiva do Centro Educacional Fênix, as melhores redações foram premiadas e houve distribuição de brindes (camisetas e bonés) para os formandos.

O Proerd é executado nas escolas públicas e particulares, por policiais militares treinados e preparados para utilizar uma metodologia especialmente voltada para o público-alvo, onde são contempladas crianças e adolescentes, auxiliando-os a tomar decisões seguras e responsáveis diante do oferecimento precoce de drogas.

Proedr
(Foto: Ascom/SSP)

“Gostei muito do curso, principalmente quando falou sobre bulling”, disse a estudante Janai da Silva Lima, 11 anos, logo após a cerimônia, na quarta-feira (12). Para a dona de casa Maria das Graças Oliveira, o projeto fez com que seu filho, o pequeno André, 9, melhorasse muito na escola. “E me parece que ele ficou mais responsável também, com as coisas de casa e da aula”.

Para o comandante da 52ª CIPM, Major Fabrício Oliveira, a cerimônia de formatura do Proerd sempre gera uma satisfação nos policiais e nas famílias dos jovens formandos. “Fazemos nosso trabalho de levar segurança pública para as ruas e desenvolvemos projetos como esse, de prevenção, para que esses meninos não sejam seduzidos pela vida fácil das drogas”. Ele enfatizou que mais de 450 mil crianças e adolescentes de 5.251 escolas públicas e particulares já foram formados pelo Proerd desde a sua implantação na Bahia, em 2003.

Fonte: Ascom/Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP)