O prazo para as inscrições no Prêmio de Boas Práticas está acabando. Servidor, se você desenvolve alguma atividade que melhore a rotina e os resultados do seu trabalho, acesse o Portal do Servidor ou pelo site www.valorizaservidor.ba.gov.br, até 31 de julho, e participe. Podem ser inscritas ações ou projetos, inéditos ou não, que gerem economia, agilidade e melhoria nos serviços públicos prestados pelo Estado. Iniciadas em julho, as inscrições deste ano já superaram o número de 2016, chegando a oitenta projetos até o momento.

Nesta edição, a ficha de inscrição do Prêmio de Boas Práticas está mais completa, exigindo do servidor o preenchimento de campos, como: descrição do projeto, suas etapas e número de beneficiados; se a ação já foi disseminada em outras unidades do poder público estadual, os resultados alcançados e sua previsão de continuidade para os próximos anos; e a economia promovida pelo projeto.

Como nos anos anteriores, podem se inscrever servidores ativos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além dos tribunais de contas do Estado e Município, Ministério Público da Bahia (MP/BA) e Defensoria Pública da Bahia (DPE/BA). “Nesta reta final, nossa intenção é levar os servidores estaduais a participarem do Boas Práticas e compartilharem suas experiências com os gestores e demais colegas, alcançando reconhecimento e disseminando suas ações que podem e devem ser compartilhadas”, declara o secretário da Administração, Edelvino Góes.

Inovação

Como parte das ações de valorização do funcionalismo estadual, a Secretaria da Administração (Saeb) realizou, no início de julho, o primeiro Encontro de Boas Práticas, reunindo mais da metade dos premiados no Boas Práticas desde sua primeira edição, em 2009, vindos tanto da capital como do interior. O evento discutiu a importância da inovação na gestão pública e o reconhecimento dos servidores como peças-chave para o desenvolvimento de ações de melhoria do ambiente de trabalho.

De acordo com o secretário da Administração, encontro como este, juntamente com o Prêmio de Boas Práticas, abre espaço para o esforço inovativo entre os servidores baianos, estimulando o uso da criatividade para o desenvolvimento de soluções que podem colaborar para uma melhor gestão pública.

Premiação

Instituído pela Lei Estadual nº 10.848, de 3 de dezembro de 2007, o Prêmio de Boas Práticas tem como principal objetivo incentivar e valorizar práticas que contribuam para uma organização motivada, além de desenvolver um banco de talentos, que serão referências para o serviço público. São premiadas ações inovadoras, com resultados reconhecidos e comprovados, visando a redução de custos e melhoria na qualidade dos serviços prestados à sociedade.

Desde sua primeira edição, o prêmio já registrou 801 inscrições. Destes, 80 foram premiados, sendo 46 da capital e outros 34 no interior, alcançado um índice de 81% de continuidade – ou seja, 65 continuam ativos. Os vencedores recebem um total de R$ 32 mil, distribuídos entre os dez primeiros colocados. A ação é promovida pela Saeb, por meio da Diretoria de Valorização e Desenvolvimento de Pessoas (DDE/SRH).


Fonte: Ascom/Saeb