Como resultado do projeto ‘Direito Penal Solidário’, desenvolvido pelo professor e capitão do Exército reformado Marinho Soares, 250 latas de leite e 20 pacotes de fraldas foram entregues nesta quarta-feira (12), no abrigo Lar Vida, que atende 120 pessoas com necessidades especiais. A ação teve o apoio da Base Comunitária de Segurança (BCS) da Chapada do Rio Vermelho, que realizou o transporte do material arrecadado em uma viatura da Polícia Militar. 
De acordo com o professor, as doações são recolhidas nas aulas de Direito Penal que ele ministra nas horas extras. “Em vez de cobrar, solicito que os alunos colaborem com essas doações". Soares acrescenta que escolheu a BCS da Chapada para participar da ação por conhecer o trabalho da unidade e os esforços dos policiais na promoção da polícia cidadã.
“Precisamos dar visibilidade às boas ações das instituições e fortalecer essas parcerias que beneficiam aqueles que mais precisam”, afirma, lembrando que já fez ações semelhantes com o apoio do Exército Brasileiro e agora pretende ampliar o trabalho com a unidade da PM.
A comandante da BCS, capitã Eva Cachoeira, lembra que a atuação dos policiais das bases sempre está ligada a ações em conjunto com a sociedade, como cursos, palestras e atividades educativas e de cunho social. “Nossa trabalho é garantir a segurança e promover boas práticas com a sociedade, e para nós foi um prazer participar de uma missão especial e emocionante como essa”, comenta Cachoeira.
Diretora da instituição, fundada em abril de 1985, a socióloga Cristina Cordeiro Caldas agradeceu a atitude do professor Marinho e dos policiais. “Geralmente, associamos a polícia a problemas, e hoje, a chegada da viatura foi motivo de muita alegria para nós do Lar Vida”, destaca. 
Fonte: Ascom/SSP