O Secretário do Meio Ambiente, Geraldo Reis, assinou, nessa segunda – feira (31), autorização para publicação de edital para licitação das aeronaves do programa Bahia sem Fogo, um investimento no valor de R$ 17,9 milhões. Com a ação, a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) vai garantir a contratação de empresa especializada em transporte de helicópteros e aviões para horas de vôos, como forma de prevenção, através do monitoramento aéreo, contemplando também o combate a focos de incêndios florestais, emergências ambientais, apoio operacional e transporte de carga e pessoal.

De acordo com o secretário da Sema, Geraldo Reis, “esse dinheiro será investido na contratação de helicópteros e aeronaves para que possamos fazer esse trabalho de prevenção e ao mesmo tempo estarmos aptos para o combate aos incêndios e ao fogo no momento em que se fizer necessário. São equipamentos de ponta que nos darão uma estrutura necessária para a execução do programa. Nesse combate direto ao fogo, contamos também com uma valiosa parceria com o Corpo de Bombeiros e as brigadas de combate à incêndio”.

Esta é a primeira licitação com objeto de contratação de aeronaves para prevenção e combate à incêndios no estado. Para tanto, foi criada uma comissão especial formada por técnicos da Sema e do Inema, publicada em Diário Oficial, para acompanhamento, fiscalização e gerenciamento do contrato. "Agora, com essa licitação, o programa Bahia Sem Fogo, em bases mais sólidas, contará com uma comissão de acompanhamento, o que garantirá maior eficiência na operacionalização dos serviços", afirmou Reis.

Ainda segundo Reis, "este ano, também será realizada a entrega de mil fardamentos para brigadistas voluntários, a distribuição de Equipamentos de Proteção Individual – EPI´s, adquiridos para as brigadas voluntárias e a contratação de transporte terrestre para apoio logístico às equipes de combate do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia".

O Bahia Sem Fogo também visa garantir a efetividade das ações, não apenas de combate aos incêndios florestais, mas acima de tudo preventivas, com a realização de campanhas anuais de prevenção, fiscalização, com abrangência em todo o estado, em especial, para os municípios com maior ocorrência de incêndios nas regiões da Chapada Diamantina e Oeste Baiano.


Fonte: Ascom/ Secretaria do Meio Ambiente (Sema)