Mais uma edição da Caravana da Justiça Social acontece nesta sexta-feira (21), desta vez, em São Sebastião do Passé, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Promovida pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado (SJDHDS), a ação oferece um conjunto de ações e atividades gratuitas para toda a população, que vão desde a emissão de documentação, como segunda via de RG, carteira de trabalho, CPF, certidão de nascimento e casamento, a serviços nas áreas de assistência social, segurança alimentar, justiça, direitos humanos, cidadania e acessibilidade, além de atendimentos de saúde.

Durante a Caravana, que será promovida no Colégio Municipal Dr. João Paim, das 9 às 15h, as pessoas com deficiência física e comprovadamente carentes podem ter acesso ao Passe Livre Intermunicipal, que assegura gratuidade em todo o sistema de transporte coletivo intermunicipal. Já são cinco anos de Programa e mais de 27 mil pessoas beneficiadas em toda a Bahia.

A juventude receberá orientações para emissão da Identidade Jovem (ID Jovem), que dá direito à gratuidade no transporte interestadual e à meia-entrada em eventos culturais e esportivos para jovens de 15 a 29 anos, pertencentes à família com renda mensal de até dois salários mínimos e inscritos no CadÚnuico.

Também será oferecida assistência jurídica, atendimento ao consumidor com o Procon, orientações ao público LGBT sobre retificação de prenome para travestis e transexuais, exames de paternidade e avaliação nutricional Esta é a 5ª edição da Caravana este ano, que ainda conta com programação cultural e de lazer, oficinas de pintura e reciclagem, contação de histórias, palestras e rodas de conversa.

A iniciativa tem a parceria da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), para atendimento administrativo e negociação de débitos, Ministério Público, Tribunal de Justiça, Defensoria Pública do Estado, secretarias estaduais do Trabalho (Setre), Segurança Púbica (SSP), Desenvolvimento Rural (SDR), Saúde (Sesab), Educação e Planejamento (Seplan), Conselho Tutelar, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Fonte: Ascom/ Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado (SJDHDS)