Fanfarras de cinco unidades escolares da rede estadual de ensino desfilaram, nesta sexta-feira (28), pelas ruas do bairro de São Cristóvão, em Salvador. O grupo contagiou a todos com coreografias e diferentes sons emitidos por instrumentos de sopro e de percussão.
Esta foi a terceira etapa do Intercolegial de Bandas e Fanfarras 2017, movimento idealizado pela União de Bandas e Fanfarras Colegiais de Salvador (Unibandas), com o apoio da Secretaria da Educação do Estado da Bahia. A atividade é uma preparação para o desfile cívico do dia Sete de Setembro.
O encontro incluiu apresentações da BANUNI, que integra os colégios Visconde de Mauá e Helena Matheus; FANCERD, do Colégio Estadual Ruben Dario; Raul Sá, do Colégio Estadual Raul Sá e a Cerqueira, do Colégio Estadual Professor Carlos Alberto Cerqueira.
Rita de Cássia de Souza fez questão de acompanhar a filha Agnes de Souza, 13 anos, aluna do 8º ano, que toca o instrumento prato na fanfarra do Colégio Estadual Professor Carlos Alberto Cerqueira. “Fico sempre emocionada quando a vejo se apresentar pelas ruas da cidade. Ela melhorou muito o seu desempenho na escola depois que entrou para a fanfarra. Isso me deixa muito contente”, revela. Já Agnes afirmou que “é muito bom poder desfilar e mostrar o nosso talento para a comunidade. Além disso, é uma forma de representar a nossa escola para a população".
Para Carlos Augusto Azevedo, 18, 2º ano, que toca quadriton na fanfarra BANUNI, participar de desfiles como o intercolegial é estimulante. “Estou na fanfarra há dois anos e este encontro serve de incentivo para o aluno se dedicar à música e, principalmente, aos estudos. Com isso, podemos mostrar para a comunidade que a fanfarra é uma ferramenta pedagógica e que ajuda o aluno a se desenvolver”. 
Fonte: Ascom/Secretaria da Educação