As inscrições para as vagas em aberto nos Núcleos de Prática Orquestral e Coral do Neojiba (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) foram prorrogadas até o dia 4 de agosto. São 55 vagas para três Núcleos sediados nos bairros de Pirajá, Nordeste de Amaralina e Nazaré, em Salvador. As inscrições são gratuitas e presenciais.

O Núcleo Nordeste de Amaralina está com 20 vagas abertas para as turmas de Canto Coral e Iniciação Musical, para crianças e adolescentes com idade entre 8 e 16 anos. As atividades são às segundas, quartas e sextas, das 13h30 às 16h. O Núcleo Pirajá oferece 10 vagas para Iniciação Musical com Pífano para crianças e adolescentes com idade de 10 a 18 anos. Há também 10 vagas em Pirajá para a turma de percussão para jovens de 12 a 18 anos de idade. As atividades acontecem segunda, quarta e sexta das 13h30 às 17h.

No Núcleo Cordas Dedilhadas podem se inscrever crianças e adolescentes de 10 a 14 anos que queiram aprender violão. A turma tem atividades às segundas, quartas e sextas, das 9h às 12h. Jovens com idade entre 12 e 16 anos, com conhecimento em violão, bandolim, cavaquinho, baixo elétrico e ukelele, podem se inscrever para a turma vespertina que tem atividade às terças e quintas, das 14h às 17h.

No ato da inscrição, o responsável deverá apresentar os seguintes documentos: Identidade do integrante, CPF do integrante, identidade do responsável, comprovante de endereço, comprovante de matrícula ou boletim, número NIS, Cartão do SUS e foto 3×4 do integrante.

Programa Neojiba

Criado em 2007 como um dos programas prioritários do Governo do Estado da Bahia, o Neojiba (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) tem por objetivo promover na Bahia o desenvolvimento e a integração social, prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletivos. O Neojiba beneficia cerca de 4.600 crianças, adolescentes e jovens em todo o estado da Bahia. É uma ação da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e seu diretor fundador é o maestro e pianista Ricardo Castro.

Fonte: Ascom/Neojiba