O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) aproveitou esta quarta-feira (29), dia do aniversário de 468 anos de Salvador, para apresentar às instituições parceiras a programação do 2° Congresso Brasileiro da Associação Nacional dos Detrans (AND), que será realizado na capital baiana. Dirigentes de órgãos de trânsito e especialistas em segurança viária de todo o país estarão reunidos no Bahia Othon Palace Hotel, em Ondina, nos dias 26 e 27 de abril. 
Representantes da Secretaria da Administração do Estado (Saeb), Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Batalhão de Polícia Rodoviária da PM (BPRv), Transalvador, sindicatos de autoescolas, clínicas e seguradoras e das prefeituras de Camaçari e Lauro de Freitas receberam informações sobre o tema do congresso: ‘Tecnologia no Trânsito e Cidades do Futuro’. O encontro será dividido em mesas de debates sobre ferramentas digitais que melhorem o atendimento ao cidadão e o planejamento dos centros urbanos para a redução no número de acidentes. São esperados mais de mil participantes.
"Precisamos estar inseridos no sistema de novas tecnologias, com o objetivo de otimizar os recursos e obter mais eficiência nas ações de fiscalização. A nossa corporação vai participar do congresso para aprender com as experiências dos Detrans”, disse o coordenador de Planejamento Operacional do BPRv, capitão Jorge Lopes. “Vejo como uma grande oportunidade para discutir temas importantes, que envolvem toda a sociedade”, completou o presidente do Sindicato das Autoescolas, Francisco de Assis.
Foto: Divulgação/Detran
O órgão de trânsito apresentou a programação do encontro nesta quarta-feira (29)
(Foto: Divulgação/Detran)
Inovações tecnológicas do departamento baiano que oferecem mais comodidade aos condutores, como serviços online e o aplicativo para smartphones, estarão em pauta nos debates da AND. "Os nossos avanços foram decisivos na escolha da Bahia para sediar esse grande congresso. Teremos a oportunidade de trocar experiências e elaborar propostas para a construção de um trânsito mais seguro ", ressaltou o diretor-geral do Detran-BA, Lúcio Gomes.
Fonte: Ascom/Detran-BA