As marisqueiras de Canavieiras, no sul do estado, vão ter mais segurança para desenvolver suas atividades, com os equipamentos de proteção individual que a Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri), entrega nesta sexta-feira (31), às 14h, na sede da Associação Mãe da Reserva Extrativista de Canavieiras, no centro do município. Elas também serão cadastradas no CadCidadão, sistema que registra a situação social e econômica dos profissionais e as encaminha para programas sociais e de crédito dos governos federal e estadual.

“Cada conjunto de EPI, desenvolvido especialmente para o trabalho de mariscagem, é composto por pares de luvas e botas em neoprene, camisa em dry fit e calça e boné em tactel com bloqueio de 98% dos raios UVA e UVB”, explica a coordenadora de promoção social da Bahia Pesca, Eliana Carla Ramos. Serão entregues 45 equipamentos.

EPI
Conjunto do EPI será entregue pela Bahia Pesca a 45 profissionais da mariscagem
(Foto: Amanda Oliveira/GOVBA)

O EPI possui fator de proteção ultra-violeta, que protege a pele e não absorve o calor solar, minimizando a incidência de câncer, desidratação e envelhecimento precoce. Além disso, as luvas e botas evitam que as mulheres cortem mãos e pés ao tocar os mariscos ou caminhar nas pedras.

Segundo o presidente da Bahia Pesca, Dernival Oliveira Júnior, “a melhoria da qualidade de vida das marisqueiras baianas passa necessariamente pela melhoria na qualidade de seu trabalho. É uma atividade com muitos riscos ocupacionais. Ao minimizarmos estes riscos, estamos protegendo nossas profissionais e contribuindo, ao mesmo tempo, para o aumento de sua produtividade”.

CadCidadão

Com o cadastramento no CadCidadão, que acontecerá logo após a distribuição dos EPIs, as marisqueiras poderão obter a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), emitida pela Bahia Pesca, e que é indispensável para acesso a políticas públicas como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e o de Habitação Popular.  Com a DAP o pescador é reconhecido como produtor rural e pode acessar diversos programas do governo federal para desenvolvimento da pesca e aquicultura, como financiamentos com baixa taxa de juros e programas de moradia.

Fonte: Ascom/Bahia Pesca