O entroncamento da BA-099 com a BA-535 será duplicado e pavimentado. O governador Rui Costa autorizou, nesta segunda-feira (13), a pavimentação no trecho de 13 quilômetros, conhecido como Estrada da Cascalheira, em solenidade no quartel do 10º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), em Camaçari. Outros dois quilômetros serão duplicados. 

A via, por onde passam diariamente cerca de dois mil veículos, beneficia 611 mil habitantes de municípios como Camaçari, Simões Filho e Lauro de Freitas. “Nós estamos iniciando um sonho antigo, muito reivindicado, que é a recuperação da estrada da Cascalheira. Também estamos duplicando a Estrada do Cetrel, com recuperação total de alguns trechos. No próximo mês, estarei de volta a Camaçari para inaugurar a estrada da Cetrel, que vai ajudar as instalações das fábricas que conseguimos atrair para a região e onde já está sendo instalada a fábrica da Tecsis, que produz pás para produção de energia eólica”, revelou Rui.

estrada da cascalheira
Governador assina ordem de serviço para duplicação da estrada da Cascalheira (Foto: Manu Dias/GOVBA)

Durante a sua 17ª visita oficial a Camaçari como governador, Rui Costa afirmou ainda que voltará ao município em abril, junto com a Federação das Indústrias da Bahia. “Nós doamos um terreno do Estado para a Fieb e vamos implantar na Cascalheira um Cimatec industrial, com o mesmo conceito da Orlando Gomes [Piatã, em Salvador], mas toda a pesquisa de grande porte com viés industrial será feito aqui em Camaçari. Então, voltarei para iniciar uma obra que, para mim, é mais importante do que uma fábrica, pois vai gerar conhecimento, tecnologia e mão de obra qualificada”, destacou.

Reforço ao Corpo de Bombeiros

Na oportunidade, o governador também autorizou o início da segunda etapa da reforma do quartel do 10º GBM e entregou para os grupamentos dos bombeiros em Salvador e na região metropolitana 26 veículos, incluindo um caminhão para combate a incêndio, um conjunto desencarcerador, para salvamento de vítimas de acidentes, e dois notebooks.

O governador disse que os bombeiros precisam de agilidade não apenas para combater incêndios, mas para fazer um trabalho preventivo. “Aqui tem viaturas para algumas cidades da região metropolitana e um carro de combate a incêndio para Camaçari. O caminhão é uma doação da Infraero, para incêndios que necessitam de produtos químico e não apenas água”, explicou.

Bombeiros
(Foto: Manu Dias/GOVBA)

Segundo o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Francisco Luiz Telles Macedo, com os novos veículos haverá uma melhora na prestação de serviços. “Vamos atender a sociedade mais rapidamente e fazer com que atividades técnicas e projetos sejam feitos também em um tempo muito mais curto”.

O coronel explicou ainda que na primeira etapa da reforma do quartel do 10º GBM foram feitos alojamentos, salas de comando, subcomando e de atividades técnicas. “Nesta segunda etapa vamos fazer sala de aula, auditório e outras benfeitorias necessárias ao dia a dia do bombeiro”. A previsão é que em março esteja concluída a reforma do 10º GBM, que atende a cerca de 4 milhões de baianos da Região Metropolitana de Salvador.

Rui Costa destacou a importância de o Corpo de Bombeiros, que era parte da Polícia Militar, ter se tornado uma corporação autônoma. “Nós tivemos o prazer de criar esta instituição independente. Fizemos isso porque entendemos que este é um trabalho específico, que necessita de um planejamento específico. Por isso resolvemos fortalecer o Corpo de Bombeiros, que ganhou autonomia e uma lei regulamentando a sua atuação", concluiu.

Repórter: Raul Rodrigues