O paratleta baiano Leonardo Curvelo viaja, nesta segunda-feira (6), para os Estados Unidos, onde vai disputar o Pan-Americano de triatlo, no dia 11, na cidade de Saradota. A viagem até o EUA é patrocinada pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), que disponibilizou as passagens de ida e volta.
 
O triatleta perdeu um braço em um acidente de moto, em 2009, e não havia até então disputado uma competição de corrida, ciclismo ou de natação. Hoje, porém, a superação e a força de vontade têm sido ingredientes fundamentais para ele ousar e ir ainda mais longe. Esta será a terceira vez que Curvelo disputa o Pan-Americano; em 2015, ele conquistou a prata e, no ano seguinte, a medalha de bronze.
 
“Agora falta o ouro, né? Estou 100% preparado para superar meus adversários e conquistar o primeiro lugar no pódio. Com os ajustes que a federação internacional está fazendo, espero concorrer com pessoas que tenha uma deficiência parecida com a minha, no caso, algum membro amputado”, revela. Ele e o paratleta Marcelo Collet serão os representantes baianos na prova.
 
Leo Curvelo também recebe o apoio financeiro do Programa Estadual de Incentivo ao Esporte Amador, Olímpico e Paralímpico (FazAtleta).“Graças à Sudesb, eu tenho viajado e disputado competições importantes no Brasil e no mundo, levando o nome do nosso estado a várias provas”, afirma. 
Fonte: Ascom/Sudesb