A Secretaria da Educação do Estado realizou, nesta sexta-feira (17), no auditório da sede, em Salvador, um seminário sobre o Programa Primeiro Emprego, com gestores dos Centros Estaduais de Educação Profissional e unidades escolares compartilhadas, do Núcleo Territorial de Educação Metropolitano de Salvador (NTE 26). O encontro teve as presenças do secretário da Educação, Walter Pinheiro, e da secretária do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Olívia Santana.
 
O objetivo é mobilizar os gestores para alcançar o maior número de estudantes dos cursos técnicos de nível médio e egressos formados pela rede Estadual de Educação Profissional, com o programa Primeiro Emprego. Para participar do programa e ter a primeira experiência profissional, com carteira assinada, os estudantes que estão concluindo os cursos técnicos de nível médio e egressos, até 2015, da rede estadual de Educação Profissional, devem se inscrever no Portal da Educação, disponibilizando dados como telefone, e-mail e endereço. A outra alternativa para se cadastrar é procurar a unidade escolar onde está matriculado ou concluiu o curso técnico de nível médio.
 
No seminário, Pinheiro ressaltou a importância do envolvimento dos gestores neste processo. “Essa oportunidade tem que ser difundida nas unidades, para que os alunos possam ingressar no mercado de trabalho assim que preencherem todos os requisitos”, afirmou, ao destacar que este diálogo com os gestores é fundamental também para a reestruturação da oferta e dos próprios Centros de Educação Profissional.  
Foto: Claudionor Junior/Secretaria da Educação
(Foto: Claudionor Junior/Secretaria da Educação)
“Com o planejamento do Programa Primeiro Emprego, tivemos a oportunidade de conhecer quem é o estudante da rede e quais as necessidades territoriais dos centros. Por isso, temos que ficar atentos para melhorar a formação dos estudantes e oferecer cursos que supram as demandas territoriais para melhorar a capacitação dos estudantes”, acrescentou o secretário. 
 
Primeiro Emprego 
Promovido pelo Governo do Estado, o programa representa uma ação social de combate ao desemprego dos jovens. Além da oportunidade de trabalho, ele estimula o aprendizado, pois o preenchimento das vagas depende do desempenho escolar dos estudantes. Os jovens são selecionados por curso e município com base num ranking, de acordo com a performance escolar durante a formação profissional. 
A meta do programa é oferecer 9 mil vagas até 2018. Quase quatro mil jovens já foram convocados. Mais informações sobre o cadastramento/inscrição do Programa Primeiro Emprego estão disponíveis no Portal da Educação