Cerca de mil alunos começam esta semana as aulas dos Cursos Livres e Preparatórios da Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). Recebidos com uma apresentação do Balé Jovem de Salvador, os novos estudantes entre 5 e 17 anos conheceram, na segunda-feira (6), a estrutura da unidade que funciona no Pelourinho e tiveram o primeiro contato com o professor que vai acompanhá-los durante o ano. Além das aulas da tarde, no período noturno começam os cursos livres em mais de 15 modalidades, voltados para adultos, e, pela manhã, estudam os alunos da educação profissional, somando 1.200 pessoas atendidas pela escola nos três turnos.

Todas as aulas são gratuitas e, segundo a vice-diretora da Escola de Dança, Virgínia Costa, isso aproxima a comunidade da instituição, além de oferecer oportunidades para quem não teria contato com a arte. "É um grande orgulho para nossa escola estar favorecendo o estudo e iniciação na arte, que é a dança, para jovens e crianças que são majoritariamente de comunidades carentes de Salvador, estudantes de escola pública e que, talvez, se não fosse essa oportunidade, não tivesse esse despertar".

Além de dar essa oportunidade, as aulas também ajudam no desenvolvimento da criança, seja ele motor, de coordenação, rítmico ou ainda na socialização dos pequenos. Há dois anos praticando capoeira, Caûri Santana, de 8 anos, mudou bastante, é o que garante o pai, Leonardo Santana, que acompanhava o menino na tarde desta segunda. "Esse é o terceiro ano dele aqui e ele melhorou muito. Ele sempre foi um menino muito tímido e depois das aulas já consegue se soltar mais, e melhorou até o rendimento na escola. É muito bom que tenha a oportunidade de vir pra cá ", contou o pai. Caûri garante que as aulas são muito boas. "Eu aprendi vários movimentos, as aulas são muito divertidas, o professor brinca bastante com a gente também ", contou.

As crianças têm aula diversas modalidades de dança, desde Danças Populares, Afro e Moderna, passando pelo Ballet Clássico e Capoeira. Já nos Cursos Livres as opções disponíveis são Balé Clássico, Dança Moderna, Dança Contemporânea, Dança Afro, Alongamento, Pilates de Solo, Ioga, Dança do Ventre, Street, Jazz, Sapateado Americano, Dança de Salão, Interface Artística, Produção e Gestão, Dança Popular, Stiletto, Cinesiologia, História da Dança e Apreciação Estética e Percussão.

Núcleos de extensão

Embora as aulas na sede da Escola de Dança no Pelourinho já tenham começado, as inscrições para os cursos dos núcleos de extensão que funcionam em outros espaços estarão abertas de 20 a 31 de março, no Cine Teatro Solar Boa Vista (Engenho Velho de Brotas), Cine Teatro (Lauro de Freitas) e Beco da Cultura (CSU Nordeste de Amaralina). Podem se inscrever crianças a partir dos 5 anos de idade, jovens e adultos interessados na prática da dança, a depender da disponibilidade de vagas e cursos disponíveis para cada núcleo. Para se inscrever, os interessados devem comparecer às unidades, das 14h às 17h.

Repórter: Anna Larissa Falcão