A Secretaria de Cultura do Estado (Secult) lança a convocatória de Ocupação de Pautas Artístico-Culturais dos Espaços Culturais da Secult – Ocupe Seu Espaço, uma seleção que busca impulsionar a difusão, democratizar o acesso, dinamizar os espaços e contribuir para o cumprimento dos objetivos das políticas culturais na dimensão territorial da cultura. Por meio de comissões individuais para cada equipamento, serão montadas agendas para o período de 5 de maio a 31 de agosto de 2017. As inscrições ficam abertas até 16 de abril e são feitas por meio eletrônico, conforme orientações e documentos disponíveis no site da Secult
Podem participar desta chamada propostas artístico-culturais, dos mais variados setores e expressões da cultura, apresentadas por pessoas físicas ou jurídicas de natureza cultural, que intencionem ocupar as salas principais, anfiteatros, foyers/galerias, áreas externas e salas multiuso de espaços culturais em diversos municípios da Bahia. Em Salvador, são os seguintes espaços: Casa da Música, Centro Cultural Plataforma, Cine-Teatro Solar Boa Vista, Espaço Cultural Alagados e Espaço Xisto Bahia. 
Em outras cidades da Bahia, participam: Casa de Cultura de Mutuípe, Centro de Cultura de Guanambi, Centro de Cultura ACM (Jequié), Centro de Cultura Adonias Filho (Itabuna), Centro de Cultura Amélio Amorim (Feira de Santana), Centro de Cultura de Alagoinhas, Centro de Cultura de Porto Seguro, Centro de Cultura João Gilberto (Juazeiro), Centro de Cultura Olívia Barradas (Valença), Cine-Teatro Lauro de Freitas e Teatro Dona Canô (Santo Amaro).
“O Ocupe Seu Espaço se formata como uma grande campanha que vai agrupar melhorias físicas, de comunicação, de ações institucionais, de participação social. A convocatória é um primeiro resultado e traz avanços na legalidade, na democratização e na transparência do uso destes espaços”, explica Sandro Magalhães, superintendente de Desenvolvimento Territorial da Cultura (Sudecult), ao qual a Diretoria de Espaços Culturais (DEC) é vinculada.
Foto: Divulgação/Secult
Centro de Cultura de Porto Seguro, no sul da Bahia
(Foto: Divulgação/Secult)
As propostas inscritas deverão prever, além de apresentações, ações de mediação e/ou mobilização de público, a serem realizadas durante a ocupação. Teatro, circo, música, dança, artes visuais, artesanato, literatura, audiovisual, videomapping, performances, discotecagem, culturas digitais, economia criativa, culturas populares, culturas identitárias, formação artística e/ou cultural são possibilidades previstas. “Vislumbramos uma rotina de ocupação cada vez mais potente. Estamos investindo para que os espaços se conectem uns aos outros e com o mundo contemporâneo”, explica a diretora de Espaços Culturais, Maria Marighella. 
Como funciona 
Com a convocatória do ‘Ocupe Seu Espaço’, todos os normativos ficam devidamente publicizados em conjunto, com os mesmos princípios e prazos para todos, estipulados a partir dos regulamentos já existentes, sem burocratização. Será possível ter noção do cenário de demandas para um período de quatro meses, o que viabilizará a montagem de uma agenda mais conjeturada, selecionada por uma comissão mista de servidores públicos e representantes da sociedade civil, sob coordenação do(a) gestor(a) do espaço, que continuará mantendo a identidade do local e as suas finalidades.
A Secult esclarece ainda que o Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima, em Vitória da Conquista, está em processo de licitação de obras para requalificação de sua sala principal. Para resguardar qualquer impasse de uso no período, o espaço não foi incluído nesta primeira chamada. Mais informações podem ser obtidas no site da Secult e pelo e-mail diretoria.espacos@cultura.ba.gov.br. 
Fonte: Ascom/Secult