Instituições da rede pública estadual de ensino já se preparam para ofertar conhecimentos que vão além do apresentado nas matérias escolares. Por meio do projeto “Procon Vai às Escolas”, desenvolvido pelo Procon Bahia, noções de direitos do consumidor serão somadas à matriz curricular de cinco escolas estaduais da capital baiana. Técnicos do órgão têm capacitado professores e gestores escolares para que sejam agentes multiplicadores do conteúdo.

Para a diretora do Colégio Estadual Luiz Vianna, Soane Nascimento, trabalhar o assunto em sala de aula potencializa a importância do ambiente escolar. “A escola é um local de construção de cidadãos. O conhecimento previsto no conteúdo programático é muito importante, mas a função da escola não pode ser resumida a transmissão de conhecimentos previstos na matriz curricular. Nós educadores estamos aqui para preparar nossos alunos para a vida, sabendo seus direitos e deveres”, afirma.

Educadores

Educadores passam por capacitação sobre direitos do consumidor. (Foto: Carol Garcia/GOVBA)

A ação educativa promovida pelo Procon, órgão vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) garante acesso à cidadania, um dos pilares que sustentam o Programa Pacto Pela Educação – Educar Para Transformar, do Governo do Estado. “Saber lutar pelos próprios direitos pode facilitar a vida de muita gente. Em diversas vertentes da vida – a exemplo da saúde, segurança, entre outros serviços. Quando o indivíduo se sentir lesado numa relação de consumo ele precisa saber se defender”, destaca o diretor de ações educativas do Procon, Paulo Teixeira.

De acordo com a professora Maria Inês Ferreira, o conteúdo vai ser passado de maneira interdisciplinar durante todo o período letivo. “Vamos incluir a abordagem do conteúdo em atividades que combinem o conhecimento de diversas disciplinas, como filosofia, sociologia, história, entre outras disciplinas afins”, explica a educadora.

Com capacitação realizada na manhã desta quarta-feira (1º), o Colégio Luiz Vianna, em Brotas, foi a primeira escola pública a receber o “Procon Vai às Escolas” em 2017. Até o dia 15 de fevereiro, o Procon Bahia vai capacitar educadores dos Colégios Estaduais Mário Augusto Teixeira de Freitas, Duque de Caxias Magalhães Neto e Colégio Manoel Novaes, respectivamente nos dias 02, 03, 08 e 15. A expectativa é que órgão capacite 422 professores e, indiretamente, 7,8 mil alunos da rede estadual.

Repórter: Leonardo Martins