A Secretaria da Educação da Bahia disponibilizou na internet a coletânea ‘Escolas Sustentáveis: quais os caminhos?’. A publicação contém 27 projetos desenvolvidos por estudantes e professores da rede estadual, que foram apresentados na IV Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente. O objetivo é mostrar possíveis intervenções na escola para a promoção da consciência socioambiental dos estudantes e para o desenvolvimento de ações sustentáveis. A coletânea está disponível para download no Portal da Educação.
Inspirados nos elementos terra, fogo, água e ar, os projetos apresentados na coletânea tratam de questões como reciclagem de papel no ambiente escolar, elaboração de hortas e jardins, reaproveitamento de material que seria descartado e jogado no lixo, agroecologia e qualidade do ar. Muitos projetos também abordam a relação da escola com os recursos hídricos, tratando de temáticas como a reutilização da água da chuva e do reflorestamento.
O coordenador de Educação Ambiental e Saúde da secretaria, Fabio Barbosa, ressalta a importância da iniciativa. “Esta publicação representa o registro e o coroamento de todo um processo de mobilização, de sensibilização, de trabalho das instituições e parceiros envolvidos, mas, principalmente, do apoio e do entusiasmo de professores e estudantes, que realizaram as conferências em mais de 1728 escolas das redes estaduais, municipais e privadas, colocando a Bahia no segundo lugar em participação no âmbito nacional”, comenta.
Fabio Barbosa acrescenta que a utilização da obra, de forma multidisciplinar, pode servir de suporte pedagógico e subsídio para a implantação de ações sustentáveis nas escolas. “Além dos professores incentivarem os estudantes nesta área, o lançamento da publicação pode motivar a participação dos alunos para a V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, com previsão de realização para esse ano”. 

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação