As provas objetiva e discursiva do concurso público da Agerba, aplicadas no último domingo (12), registraram 5.899 abstenções – 34,77% dos inscritos no certame, de acordo com dados da Superintendência de Recursos Humanos da Secretaria da Administração (Saeb). Ao todo, 11.069 candidatos compareceram aos 24 locais de prova em Salvador, disputando uma das 60 vagas ofertadas: 24 para o cargo de Especialista em Regulação e 36 para Técnico em Regulação – sendo que 30% do total será reservado a candidatos que se declararem negros e 5% para pessoas com deficiência.

O gabarito das provas já está disponível no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação, empresa organizadora do certame. Os candidatos que julgarem necessário poderão, nesta terça e quarta-feira (14 e 15), interpor recursos junto à organizadora com relação à correção das respostas. As provas ocorreram no turno matutino, com 4h30 de duração, quando os candidatos responderam a 75 questões objetivas, de conhecimentos gerais e específicos, além de questão discursiva.

A terceira etapa do certame, com avaliação de títulos, será aplicada apenas aos candidatos ao cargo de Especialista de Regulação, desde que aprovados nas duas primeiras etapas do concurso público. Estas e outras informações estão disponíveis no edital, publicado em 17 de novembro de 2016, disponível no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação e no Portal do Servidor.

Cargos

Concorreram ao cargo de Especialista candidatos com formação superior em Administração, Ciências Econômicas, Ciências Contábeis, Direito, Estatística, Arquitetura, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Química, Engenharia de Computação, Engenharia Mecânica, Engenharia Naval, Engenharia de Transportes, Ciência da Computação, Processamento de Dados, Análise de Sistemas, Informática, Sistemas de Informação ou Tecnologia da Informação.

A função terá carga horária de 40 horas semanais e a remuneração inicial no valor de R$ R$ 6.021,64. As 24 vagas estão distribuídas entre os municípios de Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Salvador, Seabra e Teixeira de Freitas;

Já para o cargo de Técnico em Regulação é exigido o Ensino Médio, desde que se apresente certificado reconhecido do Ministério da Educação (MEC), ou técnico profissionalizante, desde que observadas as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional de Nível Técnico.

A função terá carga horária de 40 horas semanais e a remuneração inicial será no valor de R$ 2.146,37. As 36 vagas da função estão distribuídas entre os municípios de Alagoinhas, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Feira de Santana, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Salvador, Santo Antonio de Jesus, Seabra, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

Concurso

Ao todo, 16.968 haviam se inscrito no certame até o dia 10 de janeiro. O concurso é promovido pela Secretaria da Administração do Estado (Saeb) e atende ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado entre Agerba e Ministério Público Estadual. Para sanar dúvidas, basta consultar o edital, ou acompanhar as novidades no Portal do Servidor e no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação.


Fonte: Ascom/Agerba