Dez suspeitos foram presos pelas forças de segurança estaduais na segunda-feira (27), penúltimo dia do Carnaval de Salvador. As ações de segurança resultaram também na apreensão de cinco armas brancas (quatro facas e uma tesoura), 215 trouxinhas de maconha, 101 pinos de cocaína, duas pedras de crack e dois frascos de lança perfume. Nos Portais de Abordagem, no acumulado dos cinco dias, foram apreendidos 358 materiais cortantes.
Entre os presos está Carlos Eduardo dos Anjos de Jesus, detido em flagrante, em Ondina, após se envolver numa briga e acertar César Timóteo do Nascimento com uma faca. O suspeito estava trabalhando com a mãe na parte da cozinha de um camarote, no circuito Dodô (Barra-Ondina), e desceu pra acompanhar a passagem de um trio com a arma escondida na cintura. Como já estava no meio da festa, Carlos não havia passado pelos Portais de Abordagem quando estava armado. A vítima, que foi encaminhada para o Hospital Ernesto Simões, recebeu alta na manhã desta terça (28). 
Durante os cinco dias de Carnaval, o trabalho policial preventivo, ostensivo e investigativo reduziu em 75% as tentativas de homicídios. No ano passado foram quatro casos, enquanto neste ano ocorreu apenas um. Os casos de lesões corporais tiveram decréscimo de 39,8%. Já os crimes contra o patrimônio registraram queda de 2% (roubos e furtos). 
"Estamos chegando ao último dia com os efetivos empenhados em fecharmos o Carnaval do jeito que ele tem sido percebido pelo folião: como uma festa tranquila, da paz. Contamos com a ajuda de todos e pedimos mais uma vez que as pessoas saiam de suas casas com o intuito de se divertir", afirma o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.
Fonte: Ascom/SSP

Leia também: