Até a próxima sexta-feira (17), 1,2 mil mototaxistas de Salvador vão trocar as ruas da capital pela sala de aula. Eles participam de curso de capacitação oferecido gratuitamente pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), na sede do órgão, localizada na Avenida ACM, em Salvador. O objetivo da ação é garantir mais segurança aos condutores e, principalmente, aos passageiros durante o Carnaval. 
Com duração de quatro horas, o curso instrui 120 mototaxistas por turno. Entre os temas trabalhados estão condução preventiva, gestão de risco, relacionamento interpessoal e revisão da legislação de trânsito. O sargento Ednei Rios, do Esquadrão de Motociclistas Águia, é quem ministra as aulas. De acordo com o militar, especialista em trânsito urbano, a capacitação é uma forma de evitar os acidentes envolvendo motocicletas.   
“Todos aqui sabem pilotar uma moto, mas ter acesso às disciplinas que, além do conhecimento técnico, conscientizem, vai proporcionar mais cautela no posicionamento nas vias, vai alertar para o cumprimento do limite de velocidade, entre outros fatores importantes para evitar sinistros e até tragédias”, enfatiza Rios.  
O mototaxista Carlos Alberto Reis participou da capacitação. Há seis anos trabalhando com o transporte de passageiros, ele diz saber o segredo para um bom serviço. “Sem dúvida, o profissional para ter o trabalho respeitado precisa ir em busca do conhecimento. Saber atender é muito importante e a respeitar as normas de segurança também. E ainda destaco a importância de falar um segundo idioma, já que Salvador é uma cidade turística e recebe visitantes de diversas partes do mundo”, destaca o mototaxista, que também sabe falar inglês.
Foto: Elói Correia/GOVBA
A capacitação busca promover mais segurança e qualidade no serviço
(Foto: Elói Corrêa/GOVBA)
A profissão de mototaxista é reconhecida, mas ainda não foi regulamentada em Salvador. Mesmo com o assunto em discussão entre a Prefeitura e o sindicato da categoria, as atividades não passarão por fiscalização durante o Carnaval, o que reforça a importância do curso. “Estamos qualificando os mototaxistas para o exercício das suas atividades. O curso dá o conhecimento técnico para que eles realizem o trabalho com mais segurança e melhor qualidade. Quem ganha com isso também é o próprio folião“,afirma o diretor de Educação e Segurança para o Trânsito do Detran-BA, Carlos Moura.
Além dos mototaxistas, o órgão vai capacitar taxistas, rodoviários e motoristas de trios elétricos e carros de apoio, como parte das ações educativas do órgão que antecedem o Carnaval. 
Repórter: Leonardo Martins