Mais de 200 servidores da Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb) foram apresentados oficialmente ao Sistema Eletrônico de Informação (SEI) nesta terça-feira (21) no auditório da Secretaria de Educação, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Lançado em dezembro de 2016, o software – que irá eliminar o uso de papel como suporte físico para documentos institucionais – já entrou em ambiente de produção e, a partir do dia 31 de março, começa a ser utilizado por diversas equipes da Saeb.
 
“Hoje é um dia muito importante para todos nós. Este sistema representa uma quebra de paradigma na administração pública estadual”, ressaltou o chefe de gabinete da Saeb, Rodrigo Pimentel, na abertura do evento de sensibilização, intitulado ‘SEI: Tramitação de Processos Administrativos Digitais na Saeb’. Rodrigo lembrou que desde que ingressou na secretaria, em 2002, já havia esforços no sentido de promover a implantação de um sistema eletrônico de processos, que agora torna-se realidade, garantindo mais agilidade, transparência e redução de custos para a máquina pública.
 
Na sequência, o líder da implantação do SEI Bahia, Wívisson de Ataíde, fez um balanço dos objetivos do projeto e do cronograma, chamando atenção, entre outras coisas, para os ganhos ambientais proporcionados pela redução do consumo de papel.  “Cinquenta mil servidores gastam em média 200 milhões de folhas de papel, o que equivale a 400 mil resmas e 20 mil árvores derrubadas”, contabilizou Wívisson. “O SEI chegou para nos ajudar a fazer a nossa parte na preservação do planeta”. 
 
A programação do evento incluiu apresentações do representante da Coordenação de Controle Interno (CCI) da Saeb, Marcos Corrales, abordando o tema da instrução processual na administração pública, e do líder técnico do projeto, Sandoval Medeiros, que utilizou o data show para simular procedimentos no SEI, mostrando na prática para os futuros usuários como funciona o novo software.
 
Cronograma 
De acordo com o cronograma do projeto, estão previstos os primeiros treinamentos para os usuários do novo sistema nos próximos dias 7 e 8 de março. Já no dia 31 de março, deverá estar disponível para os usuários o primeiro processo eletrônico, relativo a ‘Aquisições por Dispensa de Licitação’.  A partir daí, os demais processos serão inseridos paulatinamente no SEI.  Com o projeto, a Bahia torna-se o primeiro estado da federação a implantar o sistema, que foi criado e cedido gratuitamente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).
O SEI é o sistema adotado no projeto Processo Eletrônico Nacional (PEN), iniciativa conjunta de órgãos e entidades de diversas esferas da administração pública, com o intuito de construir uma infraestrutura pública de processos e documentos administrativos eletrônicos.
Fonte: Ascom/Saeb