Como parte da programação do projeto ‘Tropicália: Régua e Compasso (A Bahia Cultural Pré-Tropicalista)’, o Palacete das Artes vai receber a segunda edição do ‘Essa Noite se Improvisa’ nesta quinta-feira (19), às 17h. O músico baiano Gereba Barreto, conhecido pela grande versatilidade e por contribuições para a música popular brasileira, é o convidado do encontro. O acesso é gratuito.
No evento, Gereba vai tratar um pouco de vasta experiência no universo da música, além de falar sobre a amizade com Walter Smetak (músico, artista visual e professor suíço, que influenciou toda uma geração de artistas). A relação foi iniciada em 1971, quando Gereba chegou em Salvador. “Precisei que ele concertasse uma viola pra mim e daí surgiu uma grande amizade”, lembra o músico, que atualmente está finalizando um disco, com produção de Tuzé, em homenagem a Smetak.    
Além da presença de Gereba, um quinteto – formado por Edu Fagundes (clarinete e violão), Luiz Asa Branca (guitarra) e Robinson Cunha (bateria), professores do Centro de Formação em Artes (CFA) da Funceb, e os convidados Luciano Chaves (flauta) e Giroux Wanziler (baixo) –  apresentará um repertório de clássicos da MPB, bossa nova e do jazz.  

Cunho formativo
O ‘Tropicália: Régua e Compasso’ é uma realização da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac) – ao qual pertence o Palacete das Artes – e Fundação Pedro Calmon (FPC), entidades vinculadas à Secretaria de Cultura (Secult). A concepção do projeto é de Fernanda Tourinho, diretora da Funceb, e a curadoria da exposição é de Murilo Ribeiro, diretor do Palacete das Artes.
O projeto, que acontece até 30 março, inclui palestras, debates, seminário e exposição na Sala Contemporânea Mario Cravo Jr, que reúne peças de artistas da música, da dança, e das artes visuais em evidência nos anos 60, como Lina Bo Bardi, Walter Smetack, Yanka Rudzka, Carybé, Juarez Paraíso, Lênio Braga, Jenner Augusto e Pierre Verger, além de fotos dos acervos de Lia e Silvio Robatto, recentemente doados ao Centro de Memória da Bahia. O Palacete das Artes fica na Rua da Graça, nº 289, no bairro da Graça, em Salvador. 
Fonte: Ascom/Funceb