Dialogar sobre temas importantes para o fortalecimento da cultura, ancestralidade e cooperativismo do povo negro. Essa é a missão do Cine Ibomin, projeto que tem o apoio do Governo do Estado, por meio, do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA) e reinicia suas atividades, este ano, com a exibição do documentário ‘Gaiakú Luiza: força e magia dos voduns’ (direção de Soraya Mesquita), neste sábado, às 20h, no Ilê Axé Odé Yeyê Ibomin, no bairro de Portão, em Lauro de Freitas (RMS).

A atividade, voltada para as pessoas da comunidade, sobretudo membros de religiões de matriz africana, terá mediaçãodo professor Carlos Barros, historiador e mestre em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (Ufba). Utilizando a linguagem audiovisual o Cine Ibomin busca mobilizar as comunidades negras e periféricas da região Metropolitana de Salvador para a importância do fortalecimento da identidade do povo negro, combatendo o racismo e a intolerância religiosa. As ações são realizadas em exibições fixas mensais, no mesmo local, além de itinerantes, que podem ser solicitadas por escolas, terreiros, organizações comunitárias e populares.

Fonte: Ascom/Secretaria de Cultura do Estado (Secult)