A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) chegou ao terceiro dos quatro dias de evento e já atraiu um público superior a oito mil pessoas para o prédio 3 do Senai Cimatec, situado na Avenida Orlando Gomes, no bairro de Piatã, em Salvador. Voltado à popularização da ciência, a feira, que está na 13ª edição, é a maior do gênero, sendo realizada em diversos estados brasileiros.

Na Bahia, a Semana é organizada pela Secretaria Estadual de Ciência Tecnologia e Inovação (Secti) e conta com a participação de 40 expositores de instituições acadêmicas e governamentais, startups e entidades já consolidadas, além de empresas do ramo alimentício. Segundo o titular da Secti, Manoel Mendonça, com o tema Ciência Alimentando o Brasil, “o evento visa mostrar que a ciência está no dia-a-dia, e apresenta para o jovem uma opção de carreira”.

A SNCT vai até este sábado (22), às 18h, e ainda deve atrair, pelo menos, mais dois mil visitantes, como a estudante Andressa Vitória, de 14 anos. Apaixonada por chocolate, a jovem conta que aprendeu, na Semana, como o doce é feito e que “o cacau é a base da receita e até a casca da fruta tem utilidade e se transforma em algo delicioso”. Todas as informações sobre a SNCT, que no âmbito nacional é de responsabilidade do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, podem ser encontradas na página eletrônica.

Apoio e realização

Neste ano, o evento conta com o apoio da Braskem; Grupo Neoenergia (Coelba); Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás); Banco do Nordeste; Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); MCTIC; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; além das secretarias estaduais de Infraestrutura (Seinfra) e Educação (SEC).

Fonte: Ascom/Secti