Agentes de segurança impediram a entrada de drogas na Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case), localizada no bairro de Tancredo Neves, em Salvador, na manhã deste sábado (1º). Eles flagraram o exato momento em que o padrasto de um interno tentava entregar um pacote com entorpecentes durante uma visita. Os servidores esperaram que a entrega fosse efetuada para realizar a apreensão.

O adolescente segue cumprindo medida socioeducativa e o padrasto foi encaminhando para a Central de Flagrantes da Polícia Civil. A operação faz parte de uma medida conjunta entre a direção da Case e a equipe de segurança, com o objetivo de coibir a entrada de drogas e armas no espaço através de familiares.