Teve início nesta segunda-feira (10), no município de Andorinha, o atendimento do programa itinerante Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama, para mulheres de 50 a 69 anos. Até o dia 17, a população feminina, cerca de mil mulheres que estão na faixa etária indicada, poderá realizar, gratuitamente, o exame de mamografia para a detecção precoce do câncer de mama. A unidade móvel da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) está estacionada na Praça de Eventos, em frente ao Colégio Noêmia Vítor, das 7h às 18h. Para ser atendida, é necessário apresentar documento de identidade, o Cartão do SUS e comprovante de residência.

Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia na região de residência das pacientes. Este programa é uma ferramenta de acesso da mulher às ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

“O atendimento no Saúde sem Fronteiras tem como diferencial o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando à integralidade do atendimento”, explicou o diretor de Projetos Estratégicos da Sesab, Ivonildo Dourado.

De acordo com os especialistas, quando diagnosticado e tratado ainda em fase inicial, isto é, quando o nódulo é menor que um centímetro, as chances de cura do câncer de mama chegam a até 95%. Tumores desse tamanho são pequenos demais para serem detectados por palpação, mas são visíveis na mamografia. “Por isso, é extremamente importante que a mulher faça o exame de mamografia”, destacou Ivonildo.

Fonte: Ascom/Sesab