Ansiosos e cheios de energia, 80 crianças da rede pública de ensino, moradores da Chapada do Rio Vermelho, na capital, tiveram nesta quarta-feira (19), a possibilidade de viajar pelo lúdico mundo do cinema. Acompanhados por professores, eles assistiram a filmes que integram a programação do 14º Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI), entre eles, Kikoriki – A Turma Invencível e O Segredo de Kells. A ação é resultado de parceria entre a Base Comunitária de Segurança (BCS) do bairro e o site Dois Terços, que disponibilizou os ingressos para o evento.

O transporte das crianças e professores até o shopping onde está sendo realizado o festival foi viabilizado e acompanhado por policiais da BCS. Assim que entrou no ônibus, Isaac Cardoso, de 8 anos, se apressou para sentar perto da janela. O menino não conseguia esconder a euforia com o passeio. “Estou feliz porque eu vou para o cinema”.

A viagem até o shopping também foi cheia de empolgação. Tem sido assim todos os dias. Até quinta-feira (20), cerca de 650 crianças de unidades públicas de ensino da Chapada do Rio Vermelho, divididas em grupos, terão a possibilidade de assistir a filmes do FICI nos períodos matutino e vespertino. Atento a cada cena, Andrei Trindade, 9 anos, saiu da sala de cinema com gostinho de quero mais. “Eu gostei e quero vir outra vezes”.

Escola
(Foto: Camila Souza/GOVBA)

Um dos policiais que acompanharam a atividade sociocultural foi o soldado PM Glauber Ribeiro, lotado na BCS Chapada do Rio Vermelho, desde a inauguração, em setembro de 2011. De acordo com ele, é oferecido pela base um conjunto de ações educativas, esportivas, culturais e com foco na prevenção. “As ações são positivas porque promovem um laço maior entre a polícia e a comunidade. Quando trazemos uma escola de uma comunidade carente para o shopping, estamos fazendo a felicidade da criançada, porque muitos deles não sabem como é um cinema”.

De acordo com Helena Marfuz, que integra a equipe de produção do evento, a expectativa é que em quatro dias de festival, cerca de sete mil crianças e jovens de comunidades carentes assistam gratuitamente a filmes. Estudantes da rede estadual de ensino, entre eles, os especiais do Colégio Vitor Soares, na Ribeira, e de projetos esportivos, como o Formando Campeões, de jiu-jitsu, apoiado pela 31ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), no bairro de Valéria, também tiveram a oportunidade de viajar através das telonas. Alguns pela primeira vez. É o caso de Florisvaldo Sousa Neto, 12. “Tem gente no projeto que nunca teve a oportunidade de vir para o cinema, para o shopping. Foi maravilhoso”, relatou o garoto.

O soldado PM Rodrigo Alcântara, da 31ª CIPM/Valéria, afirmou que a unidade policial se preocupa em apoiar iniciativas que contemplem o lado social que, na opinião dele, interferem na formação da crianças. “É um bairro carente, humilde. O mínimo que podemos fazer é trazer momentos de alegria e distração. Ajudar a tirar a imagem [violenta] que o bairro carrega. Esta vinda deles ao cinema faz parte do projeto da Semana da Criança. Também visitamos o Esquadrão de Polícia Montada, colocamos as crianças do Projeto Fênix de Futebol em contato com os animais, cavalos. Tudo isso quebra um pouco do paradigma de que a polícia é opressiva, reprime e chega na comunidade atirando”.

cinema
(Foto: Camila Souza/GOVBA)

Com a ingressos no valor de R$ 10 para todos, além de Salvador e Aracaju, ambas até 23 de outubro, o 14º FICI esteve no Rio de Janeiro e Niterói (16 a 25 de setembro), e estará em Natal (RN), de 21 a 30 de outubro. A programação está disponível no site do evento.

Repórter: Jhonatã Gabriel