Em sua segunda participação na Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), o SAC Móvel levou mais acesso à cidadania para a população do Recôncavo baiano e os visitantes do evento. Em relação ao último ano, o SAC Móvel superou o atendimento em 33%, passando de 976 atendimentos em 2015, para 1.276 neste ano.

Além da emissão de documentos básicos para o exercício da cidadania, a presença da unidade em Cachoeira, permitiu que diversas pessoas que nem mesmo tinham conhecimento sobre o evento, pudessem ter acesso fácil ao vasto mundo proporcionado pelos livros. A unidade itinerante da Rede SAC chegou à Cachoeira no dia 10 de outubro, onde permaneceu até a última segunda-feira (17).

A coordenadora da Rota 2 do SAC Móvel, Neide Barreto, que tem formação em biblioteconomia, comemorou a chance de estar pela segunda vez a serviço da festa. “Na Flica, temos a oportunidade de oferecer serviços aos cidadãos, e ainda podemos influenciar pessoas a ter mais acesso à cultura, através da leitura”, disse a coordenadora, que trabalhou no evento com o apoio de mais 16 colaboradores da Rede SAC.

Entre os serviços oferecidos, os mais buscados foram Carteira de Identidade e CPF, sendo realizados, respectivamente, 1.194 e 90 atendimentos. Na unidade móvel, também são disponibilizados os serviços de Certidão Negativa de Antecedentes Criminais e atendimento da Ouvidoria-Geral do Estado (OGE) e do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev), sempre das 8h às 17h.

A Rota 2 do SAC Móvel segue para Camaçari, onde atende à população local e de municípios vizinhos no período de 19 a 21 de agosto, na Praça da Simpatia. No dia 24, a carreta chega a Arembepe, para realizar atendimentos na Rua das Flores, até dia 28 deste mês. Os caminhões que atendem às rotas do SAC Móvel são equipados com ar-condicionado, sistema de som, televisão, área de espera coberta e uma rede de computadores interligada através da Rede Governo.

Fonte: Ascom/Secretaria da Administração do Estado (Saeb)