Os estudantes do Colégio Estadual Senhor do Bonfim, localizado em Salvador, compartilharam poesias, textos e obras artísticas de suas autorias, bem como trechos de livros de escritores brasileiros, na última segunda-feira (24), durante o 3º Sarau do projeto Biblioteca em Movimento. A atividade, que aconteceu na Biblioteca Pública dos Barris, faz parte da Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, que segue até quinta-feira (29), data em que se celebra o Dia Nacional do Livro.

A programação, aberta ao público, conta com declamação de poesias, música, palestra sobre “A importância do livro” e um bate-papo com a escritora Martha Galrão sobre o tema “O livro e o leitor”. Além disso, foram apresentados relatos de experiências desenvolvidas através do projeto ‘Biblioteca Entre Textos’, realizado em parceria com o colégio.

Uma das participantes, a estudante Catarina da Hora, 17 anos, 3º ano do Ensino Médio, socializou o livro digital ‘E tudo começou por causa de um livro’, escrito de forma coletiva por ela e mais nove estudantes, disponível no site www.livrosdigitais.org. “O projeto teve a intenção de nos guiar no mundo da leitura através da criação de histórias e foi muito estimulante produzir este livro porque desenvolvemos nossa criatividade ao criarmos os personagens, o enredo e as ilustrações”, revela.

Educaçao
(Foto: Emerson Santos/Ascom Educação)

O estudante Denilson de Oliveira, 17, 1° ano do Ensino Médio, também aproveitou o momento para falar sobre o processo de construção de seu livro ‘Império sangrento’. “Resolvi escrever este livro para ajudar outros estudantes a entenderem de forma mais fácil o conteúdo de História sobre o domínio e a exploração dos imperialistas europeus na África”, afirma.

O diretor do colégio, Jener Freire, acredita que “a iniciativa é muito importante porque traz o estudante para dentro da biblioteca em uma programação cultural, através da qual eles trocam experiências e conhecimentos”, afirma.

Gincana Cultural

Outra atividade que movimenta a comunidade escolar é a II Gincana Cultural, que presta homenagem aos 100 anos do samba. Cada equipe homenageará uma escola de samba do Rio de Janeiro e terá como samba-enredo uma cidade do Recôncavo baiano. As atividades começaram nesta terça-feira (25) e seguem até o dia 27.

Todas as tarefas serão relacionadas com a temática nas quais os estudantes pesquisam, dançam, usam a criatividade e ampliam seus conhecimentos sobre a origem do samba na Bahia. Dentre as atividades destacam-se: pesquisas sobre os tipos de samba, arrecadação de alimentos para doação, apresentação sobre a história do samba, apresentação musical, comidas típicas das cidades do Recôncavo, fotos de pontos turísticos e interação em redes sociais.

Fonte: Ascom/Educação