Da sala de aula para a gestão escolar. Este tem sido o caminho percorrido por Liliane Fonseca, diretora do Colégio Estadual Helena Matheus, no bairro de São Cristóvão, em Salvador. No mês em que se comemora o Dia do Professor (15 de outubro), os estudantes escolheram a professora Liliane para, em nome dela, homenagear a todos os professores pela história e pelo compromisso com a educação.

“A professora Liliane é massa! Ela é uma grande parceira nossa, amiga de toda a comunidade escolar. Mesmo ocupando o cargo de gestora, ela chega junto, marca presença na nossa vida escolar e nos estimula a participar de projetos importantes para o nosso crescimento como aluno e cidadão”, afirmou a estudante do 3º ano, Thaisa Oliveira, 17 anos.

Joseane Santos, 17 anos, também é testemunha do valor do professor na sua vida escolar e pessoal. “Eles representam o nosso crescimento como ser humano. A professora Cláudia, de História, por exemplo, é muito dedicada, uma verdadeira parceira dos seus alunos. A diretora Liliane, por sua vez, abriu portas ao estimular e idealizar projetos que nos trazem conhecimentos sobre diversos temas, como preconceito racial e respeito às diversidades”.

Professora homenageada
(Foto: Ascom/Secretaria da Educação)

Emocionada, a professora Liliane Fonseca, atualmente à frente da direção do Colégio Estadual Helena Matheus, devolve o carinho: “Nossos estudantes são massa. A juventude me fortalece, me anima, me dá energia para continuar trabalhando para contribuir para a melhoria da Educação no nosso estado”. Ela faz um balanço do ano letivo e diz: “movimentamos a escola”. Ela conta que a comunidade escolar já está toda envolvida nos preparativos do Novembro Negro. “Trata-se de uma iniciativa que está mobilizando os estudantes e professores de todas as áreas do conhecimento e, durante o evento, por meio de atividades diversas, vamos tratar de temas pertinentes, como identificação de gênero e raças”, adianta a gestora.

No início do ano letivo, uma ação idealizada pela diretora Liliane, juntamente com os professores da unidade, marcou a memória dos estudantes. Para receber os nossos 1.450 mil alunos, um grande mutirão de conservação e limpeza foi realizado, envolvendo não só a comunidade escolar, como também os pais de alunos. “Dentre as contribuições dos pais, estudantes e professores, destaque para a criação do ambiente da leitura no pátio central da unidade escolar. A reforma do espaço contempla estantes que foram grafitadas pelos estudantes.

Professora homenageada
(Foto: Ascom/Secretaria da Educação)

A iniciativa também incluiu reparo da parte elétrica, pintura, limpeza do tanque, capinação e dedetização”, recorda, ressaltando que a iniciativa visou integrar escola-comunidade na preservação e melhoria da escola e do processo de ensino e aprendizagem. “A professora Liliane nos fez ver que a escola é um patrimônio nosso e cabe a nós preservá-la e protegê-la”, contempla a aluna Thaisa Oliveira.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado