Considerado um dos mais conceituados e carismáticos violonistas clássicos da Europa, o italiano Giulio Tampalini é o convidado especial da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba), em um concerto sob a regência do maestro Carlos Prazeres, curador artístico da Osba, nesta quarta-feira (5), na Igreja de São Francisco, no Terreiro de Jesus, em Salvador. Além de Tampalini, que vem a Salvador numa cortesia do Instituto Italiano de Cultura do Rio de Janeiro, o concerto terá também como solistas Carlos Prazeres (oboé) e Ana Zanata (violino). A entrada é gratuita.

O programa da noite vai apresentar o famoso Concierto de Aranjuez e Fantasia para un Gentilhombre (solos de Giulio Tampalini), do espanhol Joaquín Rodrigo (1901-1999); Improviso para Cordas, do maestro e compositor brasileiro Armando Prazeres (1934-1999); e Gabriel’s Oboe, do italiano Ennio Morricone (1928), que foi trilha sonora do filme ‘A Missão’, do diretor Roland Joffé.

Giulio Tampalini tem 45 anos e já venceu diversos prêmios em competições internacionais, como o Prêmio de Arte e Cultura 2014 (Milão, Itália). Ele já gravou mais de 25 CDs e DVDs e realizou quase 2 mil concertos em todo o mundo, apresentando-se como solista junto a importantes orquestras e também conjuntos de câmara. É professor no Adria Conservatório de Música, na Itália, e ministra concorridos masterclasses, em países da Europa.

Fonte: Ascom/TCA