O mais novo projeto coreográfico do Balé Teatro Castro Alves, ‘Endogenias’ terá sessões especiais em homenagem ao Dia do Servidor, nas próximas terça (25) e quarta-feira (26). O espetáculo começará às 17h, voltado apenas para os servidores públicos e terá participação especial de Os Impecáveis – Grupo PGE. Endogenias, que estreou no final de setembro com cinco sessões lotadas, é apresentado com a plateia sentada no palco da Sala Principal do Teatro Castro Alves. A montagem especial para os servidores apresenta a coreografia Youkali, de Konstanze Mello.

O título do projeto tem a ver com a qualidade daquilo que se origina no interior de um organismo, de um sistema, ou que se desenvolve pela influência de fatores internos. Endogenias remete a um processo de crescimento do próprio Balé, que parte do interior para o exterior, e se apresenta como um todo, numa cena inteira bastante contemporânea. Segundo o diretor artístico do BTCA, o bailarino, coreógrafo e professor, Antrifo Sanches, “vigor e ousadia, para sair da zona de conforto, foram as palavras de ordem que nortearam a concepção dessa proposta, que o público poderá conferir muito de perto e até mesmo interagir em alguns momentos”. A montagem não é recomendada para menores de 18 anos, por conter cenas de nudez e conteúdo sexual.

O BTCA celebra seu trigésimo quinto ano de fundação em 2016, e é a 1ª companhia de dança oficial do Norte-Nordeste. Sua prestigiada trajetória abrange mais de 70 coreografias e uma carreira internacional de sucesso. A companhia é mantida pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult), através da Fundação Cultural do Estado (Funceb) e, junto com a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), é um dos corpos artísticos do Teatro Castro Alves.

BTCA
(Foto: Matheus Leite Buranelli/Ascom TCA)

Coreografia

“YOUKALI”, de Konstanze Mello – Livremente inspirada na obra Cabaré Youkali, do dramaturgo e poeta alemão Bertolt Brecht (1898-1956), e do também alemão, o compositor Kurt Weill (1900-1950), esta versão com o título de “Youkali” acontece num bar dançante onde tudo é permissível. Diante de uma realidade altamente instável e perversa, um utópico lugar onde se pode viver o que realmente é desejável, sem censura e/ou julgamentos. A coreografia “Youkali” atualiza o sonho de um mundo melhor.

Fonte: Ascom/TCA