Com o propósito de difundir a campanha de Preservação de Local de Crime, o Departamento de Polícia Técnica da Bahia recriou, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), um cenário de crime. O espaço reproduz elementos fundamentais para a elaboração da prova pericial que, portanto, devem ser preservados.

A proposta da visita é que o público tenha uma experiência como profissional da perícia e que possa enxergar o local com o olhar do perito.
Para o estudante Matheus Santana, do Colégio Estadual Rafael Oliveira, a preservação é essencial. “Durante a visita percebemos que você precisa que o cenário esteja exatamente da forma como o fato aconteceu”, finalizou.

O Perito Criminal José Lázaro defende que a área de preservação deve abranger todos os elementos que estejam relacionados à prática delituosa. “O local de crime vai muito além do corpo, nós precisamos estar atentos a todos os vestígios que podem nos auxiliar na determinação da autoria e dinâmica do fato”, explicou.

Fonte: Ascom/ Departamento de Polícia Técnica da Bahia