A partir desta quinta-feira (13), 284 profissionais de oito empresas públicas e sociedades de economia mista vinculadas ao Governo do Estado vão entrar em sala de aula para aprender a navegar em um dos softwares de gestão mais conhecidos do mundo. A atividade marca o início da primeira bateria de treinamentos do RH Bahia, o projeto estadual de implantação do módulo Human Capital Management (HCM) do SAP ERP (Enterprise Resource Planning).

A iniciativa pioneira na administração pública brasileira deve promover uma das maiores transformações da história da gestão de pessoas no Estado, com a automatização de mais de 90% dos processos de Recursos Humanos. Com um total de 850 horas de atividades, os treinamentos acontecem até 21 de dezembro na Unidade Fazenda da Universidade Corporativa do Serviço Público (UCS Sefaz, à Rua Cristiano Buys, 177, Barros Reis) e no SAC Servidor (Avenida Octávio Mangabeira, 6929, Boca do Rio).

O processo é fundamental para garantir a primeira etapa da entrada em operação do novo sistema, que contempla Bahiapesca, Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia (CERB), Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), Companhia de Transportes da Bahia (CTB) e Empresa Gráfica da Bahia (EGBA).

Para estas unidades, a previsão é que o software entre em ambiente de produção já em janeiro de 2017. "As expectativas em torno do treinamento são enormes. Desta atividade depende grande parte do sucesso do projeto, pois não adianta uma implantação tecnicamente perfeita se o usuário final não souber utilizar o sistema”, afirma a líder de projeto Patrícia Quadros. No total, estão sendo oferecidos 29 cursos com cargas horárias que variam de quatro a 40 horas.

As atividades envolvem desde treinamentos de navegação básica até capacitações mais específicas, para a execução dos mais diversos procedimentos internos da área de RH, como explica a consultora de treinamento Camila Fioravante, da Resource, empresa contratada para prestar consultoria na implantação do SAP e que também é responsável pela execução dos treinamentos.

Pioneirismo

O público alvo envolve técnicos e coordenadores de RH, profissionais de TI, gestores e a alta gestão das empresas públicas e sociedades de economia mista. Grande parte dos profissionais vai participar de mais de uma modalidade de curso, num total de 1.519 inscrições distribuídas em 58 turmas. Além disso, já está sendo planejada uma segunda etapa de treinamentos, para o mês de janeiro. De acordo com a analista técnica Izabel Araújo, que integra a equipe do RH Bahia e é responsável pelos treinamentos, “a prioridade agora é garantir que a transição ocorra da maneira mais tranqüila possível, contemplando profissionais e cursos chave para a entrada em operação”.

Com o RH Bahia, o Governo irá se tornar o primeiro do País a implantar integralmente o módulo Human Capital Management (HCM) do Saperp. Desenvolvido pela empresa alemã SAP AG, o sistema, até pouco tempo, era utilizado no Brasil principalmente por grandes empresas privadas e de economia mista como a Petrobras. Ao automatizar seus processos na área de gestão de recursos humanos, o governo espera aprimorar controles internos, obter economia financeira e mais rapidez no acesso a informações gerenciais. Além disso, o sistema deve gerar benefícios também para servidores e empregados públicos ativos, inativos e pensionistas, que terão acesso online facilitado a informações, vantagens e benefícios.

Fonte: Ascom/Secretaria da Administração do Estado (Saeb)