Uma infinidade de brincadeiras e guloseimas atraiu mais de 500 crianças e adolescentes para a festa antecipada em celebração ao ‘Dia das Crianças’ realizada pela Base Comunitária de Segurança da Chapada do Rio Vermelho neste sábado (17), na Chácara Bétel. Promovida pelos policiais, em parceria com a comunidade e organizações não governamentais ONGs) da região, o evento teve início às 8h, com a presença de crianças de todas as idades e até adultos, que caíram na brincadeira.

O aroma de pipoca doce tomou conta do lugar e chamou a atenção da garotada, que não conseguia decidir o que comer primeiro – brigadeiro, suco, beijinho, refrigerantes bolo de chocolate, tortas de diferentes sabores, algodão-doce, entre outras guloseimas, que garantiram energia para as brincadeiras. Balões coloridos enfeitavam o local, e, quando contorcidos pelas mãos experientes da moradora do bairro e professora Sueli Paranhos, 45 anos, davam forma a espadas de samurai e animais. “Trouxemos 500 balões. É possível transformá-los em qualquer bichinho, hoje o mais pedido pela garotada está sendo o cachorro”.

Isabelle Souza, 5 anos, ganhou um balão amarelo em forma de cachorro e logo foi dando nome a ele. “Vou chamá-lo de William”. Sua irmã Ana Júlia, 4, não quis saber de animal. “Tenho uma espada de samuraí rosa”,.A recreação ficou por conta dos três pula-pulas armados no espaço, uma quadra de vôlei improvisada, cesta de basquete, mesinha de totó – futebol de mesas com bonecos –, dominó, máscaras, pintura, pula corda, desenho e teatro. Tudo ao som de músicas infantis.

A comandante da BCS, capitã PM Eva Cachoeira, disse que o sucesso de público da festa espelhou a boa relação dos policias com a comunidade. “Fico feliz em perceber que as crianças estão participando das brincadeiras, pois elas têm poucas opções de lazer no bairro”. Com o rosto todo sujo de algodão-doce, Ester Souza, 10, listou os motivos pelos quais não perderá mais as festas organizadas pela BCS. “Tem muitos brinquedos e coisa gostosa para comer. Tudo está uma delícia”. De acordo com a comandante da BCS, as parcerias das ONGs Seja Semente, Instituto de Qualificação e Cidadania (ICI) e Semear foram essenciais para firmar o sucesso da festa.

Fonte: Ascom/Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP)