Os estudantes dos cursos técnicos de nível médio da rede estadual de ensino, autores de projetos de intervenção social, participaram do 1° Diálogo Motivacional sobre Tecnologias Sociais, realizado na tarde desta segunda-feira (19), no auditório da Secretaria da Educação do Estado. Eles receberam orientações para apresentarem seus trabalhos na etapa territorial da 4ª Feira de Tecnologias Sociais da Educação Profissional, que acontece de 27 a 29 de setembro, no Centro Estadual de Educação Profissional da Bahia (Ceep) e na etapa estadual, durante o 5º Encontro Estudantil, no fim do ano.

Segundo a coordenadora de Currículo e Práticas da Secretaria da Educação, Marli Souza, o encontro teve a finalidade de sanar dúvidas dos estudantes e seus professores e orientadores dos projetos. “Foi um momento de troca de informações onde ouvimos os estudantes e apresentamos instruções sobre a nova metodologia de apresentação dos projetos nas próximas etapas da feira”, explicou.

A estudante Mariana Tiburcio, 18 anos, que faz o curso técnico em Administração no Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão Severino Vieira (Ceep), aproveitou para se informar melhor sobre as questões tratadas. “Gostei de saber que esse ano vamos ter a oportunidade de apresentar nossos projetos como acontece no espaço acadêmico, semelhante a um seminário”, disse.

Adir Silva, 27, do curso técnico em Eventos, do Centro Estadual de Educação Profissional da Bahia (Ceep), também tirou suas dúvidas. “A partir dos esclarecimentos do evento já sei de que forma vou apresentar o projeto de minha turma sobre sustentabilidade”, afirmou.

Para a professora Ana Rita Leite, eventos como a Feira de Tecnologias da Educação Profissional são essenciais para o desenvolvimento dos estudantes. “A feira é uma forma de valorizar os saberes e fazeres aprendidos nos componentes curriculares em todas as disciplinas onde eles produzem projetos relacionados a seus cotidianos e que beneficiam a comunidade”, destacou.

Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação