Uma festa feita por mulheres negras, adeptas do sincretismo e com a responsabilidade de manter viva, por meio da religiosidade, a cultura da sua gente. Uma cidade histórica do Recôncavo baiano, que carrega em suas estreitas vias e no traço de seus moradores parte importante da história baiana e brasileira. Nesta atmosfera acontece todos os anos no mês de agosto a Festa da Boa Morte, no município de Cachoeira, a 109 quilômetros de Salvador.

A ancestralidade do ritual que marca a celebração por santas católicas, a festa em si e as ações do poder público para a manutenção desta manifestação cultural e religiosa são tema do Nossa Cultura, série de vídeos produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Bahia (Secom), em parceria com a Secretaria de Cultura do Estado (Secult).